facebook
Voltar para a lista

Proteção de plantas: diferentes tecnologias a serviço da produção de alimentos

agrotóxicos na agricultura

Diversas ferramentas de proteção de cultivos permitem que os agricultores enfrentem os desafios que afetam a lavoura, mantendo altos níveis da produção agrícola.

As plantas também precisam de proteção

Uma das preocupações de quem produz alimentos é o controle de pragas e doenças que atingem as plantas. Muitas espécies de vírus, bactérias, fungos, nematoides e insetos afetam a produção agrícola e, por isso, o produtor precisa proteger suas plantas.

agrotóxicos na agricultura pragas
Plantação de milho atingida por pragas

Diversos são os organismos que podem ser chamados de pragas. As plantas daninhas são as vegetações que disputam por água e nutrientes com a cultura. Já os insetos e fungos não apenas disputam o alimento conosco, como também fazem as plantas adoecerem.

Estima-se que a incidência de pragas provoque perda anual de 20% a 40% dos alimentos produzidos no mundo todo, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Para evitar que esses prejuízos ocorram, diferentes tecnologias são utilizadas. O produtor emprega sementes e mudas resistentes a doenças e insetos, produtos químicos e biológicos e, adota técnicas de cuidados no campo.

O conjunto de estratégias e ferramentas como essas, nos permite produzir em lavouras sustentáveis e contribui para a segurança alimentar. Além disso, o aumento da produtividade está diretamente relacionado às inovações tecnológicas, cada vez mais específicas para os diversos desafios que os agricultores enfrentam no campo.


SAIBA MAIS:

Agrotóxicos nos alimentos: devo me preocupar?


História e uso de defensivos na agricultura

Agrotóxicos nos alimentos-mobile

O uso de produtos para eliminar pragas na agricultura não é uma novidade. Registros de mais de quatro mil anos relatam a prática de se utilizar produtos químicos para combater pragas em plantações. Enxofre, arsênico, chumbo, mercúrio e outros produtos já foram utilizados, por povos de antigas civilizações, para controlar pragas em áreas cultivadas.

O melhor entendimento das moléculas e os avanços nas mais diversas áreas da ciência, transformaram os produtos químicos ao longo do tempo. Atualmente, os defensivos químicos mais modernos são muito mais seletivos e por isso, menos tóxicos ao ambiente do que os mais antigos.

Defensivos químicos na agricultura, existem regras?

Sim, elas existem e estão amparadas pela Lei 7.802/1989 e pelo Decreto 4.704/2002. Cada tipo de defensivo agrícola tem uma regra específica definida a partir de estudos agronômicos, toxicológicos e ambientais.

Mais dúvidas sobre essa tecnologia? Acesse: Agrotóxicos: saiba o que é mito e o que verdade.

Produção de alimentos no Brasil

A produção de alimentos no Brasil já é bastante sustentável. Ocupa menos de 8% do território nacional. E grande parte das áreas preservadas de vegetação nativa estão dentro de propriedades rurais, algo equivalente a ¼ de território do país.

Mesmo assim, somos uma potência mundial na produção de alimentos. Qual é o segredo? Inovação e tecnologia.

Com base na ciência, pesquisadores dos setores público e privado trabalham intensamente para oferecer ao agricultor ferramentas necessárias para melhorar o desempenho das lavouras. Hoje, estão à disposição sementes e mudas com material genético de alto rendimento, plantas geneticamente melhoradas que resistem ao clima e ao ataque de pragas, além de defensivos químicos e biológicos para proteger as plantas.

O avanço no uso de produtos biológicos merece destaque. Considerando apenas os biodefensivos, nos últimos cinco anos, houve um crescimento de mais de 300% no número de produtos registrados no Brasil.

Existem produtos biológicos desenvolvidos para produção de frutas?

Os fruticultores estão cada vez mais apostando nessa nova ferramenta. Os benefícios são grandes, como por exemplo a manutenção ou aumento da produtividade com menor uso de insumos, o que resulta em economia para o produtor e também ao meio ambiente.

Quer mais novidades sobre a inovação no controle biológico para fruticultura? Acesse: Defensivos biológicos: presente e futuro na Fruticultura.

Segurança é fundamental

Sempre que falamos de inovações adotadas no campo, é importante lembrar que, nada disso pode ser usado sem ser testado e considerado seguro para uso. Por isso, as sementes e mudas modificadas, assim como os defensivos químicos e biológicos seguem regulamentações específicas. O resultado é que se o insumo apresentar risco à saúde humana, animal ou ambiental, deverá estabelecer regras de uso ou se o risco for grande, não será aprovado e não poderá ser comercializado.

A utilização de defensivos químicos na agricultura está associada a todos os sistemas de produção, inclusive ao orgânico.

Muitas pessoas não sabem, mas os defensivos químicos também são utilizados na agricultura orgânica. Um exemplo da utilização desses produtos nesse sistema de cultivo é o controle de doenças causadas por fungos por meio de um fungicida conhecido como calda bordalesa.

Esse produto é composto por cal virgem e sulfato de cobre e seu uso é permitido na agricultura orgânica. Porém, esse produto também é tóxico e por isso, vários cuidados devem ser tomados durante sua utilização.

Dessa forma, o produtor deve utilizar equipamentos de proteção individual (EPIs), respeitar as doses e momentos de aplicação. Assim, é possível evitar danos ao produtor, ao solo e às plantas, além de manter os alimentos livres de resíduos de defensivos e de contaminantes biológicos em doses que coloquem nossa saúde em risco.

Principais fontes:

Centeno, R. P. e Fagundes, P. N. Análise do papel dos defensivos agrícolas e a relação com a sustentabilidade. Brazilian Journal of Development, 2019.

EMBRAPA. Calda bordalesa utilidades e preparo. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/38833/1/FOL200837.pdf. Acesso 02/02/2020.

 

hortifrutis

Hortifrutis: 2021 é o ano internacional desses alimentos

Notícia

No ano internacional dos hortifrutis descubra qual a recomendação mínima de frutas, verduras e legumes a serem consumidos diariamente por uma pessoa. E os benefícios para saúde. ...

Brasil lança plano para ganhar destaque no mercado de frutas

Notícia

Plano Nacional do Desenvolvimento da Fruticultura (PNDF) é estratégia do País para aumentar a exportação de frutas ...

As frutas de jorge tadeu

As frutas de Jorge Tadeu

Notícia

Sedutor, Jorge Tadeu dava nomes de frutas exóticas a cada uma de suas conquistas. Conheça quais são elas. ...