facebook
Voltar para a lista

Alface: é importante fonte de sais minerais e vitaminas

02/12/2019

Alface

A alface, espécie Lactuca sativa L., é mundialmente conhecida como um dos principais ingredientes de saladas. No Brasil, a hortaliça é citada como uma das verduras que mais aparece na alimentação diária daqueles que referem consumir vegetais. Seu sabor refrescante e suave permite a combinação com os mais variados ingredientes, molhos e temperos. 

E acredite, encontramos alface também em bolos, suflês, sucos, recheios (lanches) entre outros. Ela é a hortaliça folhosa mais consumida no País e conhecida por conter poucas calorias e grande quantidade de água – cerca de 95% do seu peso. 

Mas, a alface é também uma fonte importante de sais minerais e vitaminas, com destaque para o cálcio e vitamina A.

Existem vários tipos de alface. A escolha da variedade recai sobre a preferência do consumidor e característica da preparação.


  SAIBA MAIS:

Hortaliças – por que devo incluí-las na dieta?


Conheça os principais tipos de alface do Brasil

Os principais tipos de alface cultivadas e consumidas no Brasil, em ordem de importância econômica, são: crespa, americana, lisa e romana. Mas temos também a alface roxa, que, apesar de pouco consumida, é muito conhecida. As variedades de folhas crespas e coloração verde-clara correspondem são as preferidas pelos brasileiros.

tipos de alface
Alfaces crespa, americana, lisa, romana e roxa

Alface crespa

Com folhas recortadas, é a alface mais consumida dentre os demais tipos que existem, corresponde a mais de 50% do total de consumo das alfaces.

Alface americana

A alface tipo americana possui as folhas mais crocantes e forma cabeça. Destaca-se pela preferência de redes e lanchonetes do tipo “fast food”.

Alface lisa

A alface lisa destaca-se pelo sabor agradável e textura macia. As folhas são lisas e frágeis, mas muito saborosas.

Alface romana

A alface romana possui folhas longas com um formato comprido. Sua coloração é verde mais escura que as demais alfaces e as folhas são mais grossas e crocantes.

Alface roxa

A cor roxa na alface é devido ao alto número de antioxidantes presentes nas folhas. Possui um sabor menos suave que as demais. As folhas são crespas e onduladas nas pontas.

Além de fibras e vitaminas, a alface é rica em cálcio 

Grande aliada do hábito alimentar saudável a alface apresenta teor de calorias muito baixo. Seu aporte de fibras contribui com a saciedade. Contém em sua composição minerais, com destaque para o cálcio. As vitaminas A e C também são nutrientes presentes no alimento.

Informação nutricional da alface

DICA DE CONSUMO: procure consumir o alimento da forma mais natural possível para sentir o sabor que ele possui. Se optar por temperar utilize cebola, cheiro verde, ervas aromáticas e limão, desta forma incorporará compostos bioativos e vitamina C cuja ação é benéfica à saúde.

É importante destacar que ao adicionar sal, óleos e gorduras à alface incorporamos nutrientes que modificam a quantidade de energia, sódio e gordura da preparação.


SAIBA MAIS

Tipos de vitaminas – saiba quais são e onde encontrá-las


Como conservar a alface por mais tempo

A alface é uma hortaliça muito delicada, que estraga mais rapidamente que as demais. Sendo assim, alguns cuidados no armazenamento garantem um tempo maior para sua utilização. 

Quando mantida em ambiente refrigerado e devidamente embalada mantém suas características por até 3 a 4 dias. Deve ser mantida em saco de plástico ou vasilha tampada, retirando-se as folhas de acordo com a necessidade de consumo.

Para facilitar o consumo nas refeições diárias, uma opção é guardar a alface lavada. Deve-se destacar as folhas, lavá-las cuidadosamente, escorrer o excesso de água ou utilizar um secador de verduras e mantê-las sob refrigeração em recipiente tampado. 

Quando já picada, deve ser mantida na embalagem original ou em vasilha tampada, por dois a três dias. A alface não tolera congelamento. 

Higienize bem as folhas de alface antes de consumi-las

Para se obter uma boa higienização, as folhas de alface devem ser lavadas individualmente em água corrente e mantidas de molho em solução de hipoclorito de sódio (1 colher de sopa para 1 litro de água filtrada) por 30 minutos. 

Em seguida, as folhas devem ser enxaguadas com água filtrada. O hipoclorito ajuda a eliminar ou reduzir microrganismos causadores de doenças que podem estar presentes nas folhas.


    SAIBA MAIS

Higienização de hortifruti: como fazer corretamente


cultivo da alfaceDesafios da produção de alface no Brasil

No Brasil, a alface é produzida próxima aos centros consumidores, os chamados cinturões verdes. Neste contexto, cada vez mais cultivares de alface são desenvolvidas para se adaptarem às condições específicas às quais serão plantadas. 

O cultivo da alface é realizado preferencialmente em épocas de clima ameno, no entanto, apresenta larga adaptação a diferentes condições climáticas, com possibilidade de cultivos sucessivos no mesmo ano.

O desenvolvimento de novas variedades objetiva a adaptação aos diferentes tipos de solo, clima e também cultivo hidropônico. Além disso, visa melhorias em termos de resistência a pragas e doenças, reduzindo custos com aplicação de agrotóxicos e aumentando a produtividade.

 

Fonte: EMBRAPA.

Conheça curiosidades sobre os tomates

Tomates: 5 curiosidades sobre uma das principais hortaliças do Brasil

Notícia

Muito versátil, o tomate está no prato de quase todo mundo, mas você conhece os segredos dele? ...

26/10/2017

Tâmara

Tâmara: tradição e sabor vindos do mundo árabe

Notícia

Apesar de pequena, a tâmara possui um perfil nutricional interessante: é fonte de fibras e de potássio ...

24/06/2019

Cenário Hortifruti Brasil 2018

Relatório Cenário Hortifruti Brasil 2018 mostra que geração de empregos é destaque

Notícia

Estudo inédito revela que o cultivo de frutas e hortaliças gera, em média, 25 postos de trabalho a cada 10 hectares (ha). Para a cultura da soja, um emprego é gerado a cada 10 ha ...

31/10/2018