facebook
Voltar para a lista

Alimentos em conserva fazem mal a saúde?

24/01/2019

Alimentos em conserva

Na correria do dia a dia, os alimentos em conserva aparecem como uma boa opção para quem deseja incluir mais vegetais na alimentação, mas não dispõe de tempo para investir no preparo de alimentos in natura. Entretanto, mesmo que o esforço para introduzir elementos de origem vegetal na dieta seja muito importante, recorrer apenas às conservas pode não ser a melhor alternativa.


SAIBA MAIS

Conheça a recomendação diária para o consumo de frutas e hortaliças

Você sabe o que é o picles? Descubra conosco


Os alimentos em conserva utilizam sal ou açúcar para garantir um maior tempo de “duração”. Dessa forma, enquanto uma hortaliça in natura precisa ser consumida logo após a colheita, a conserva garante que esse alimento possa ficar armazenado por mais tempo. Entenda no vídeo abaixo:

 

 

O problema é que o excesso na dieta, quer de sal quer de açúcar, é um dos vilões para quem busca uma alimentação mais equilibrada. Sal e açúcar contêm alto teor de alguns nutrientes que podem ser prejudiciais à saúde, como o sódio (base do sal de cozinha) e o açúcar livre (presente no açúcar branco). Enquanto o sódio pode levar a doenças renais e cardiovasculares, o açúcar pode causar problemas que vão de cáries a diabetes.

 

Compare

Uma boa forma de entender a diferença entre alimentos in natura e em conserva é observar a quantidade de nutrientes presentes nas duas versões. Na tabela abaixo existem dados sobre o milho e a ervilha. Podemos ver que enquanto a quantidade de calorias sofre pouca alteração, a quantidade de sódio aumenta significativamente. Essa informação é importante, pois o consumo exagerado de sódio está ligado ao desenvolvimento de hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e renais, dentre outras.

Vale destacar que o brasileiro consome hoje mais do que o dobro da quantidade de sal recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Tabela de alimentos em conserva

Ama alimentos em conserva? Faça você mesmo.

O consumo de alimentos em conserva pode não ser a melhor opção, mas isso não quer dizer que você deva excluir permanentemente essa forma de comida do seu dia a dia. Moderação é a palavra-chave para um estilo de vida mais saudável.

Além disso, quem não vive sem a conserva pode investir na fabricação própria. Isso porque, fazendo em casa, você pode controlar a quantidade de ingredientes que, em excesso, prejudicam a saúde, a exemplo do sal. Outro ponto positivo é que, fazendo em casa, você evita que aditivos indesejados sejam utilizados no processo.

Botao ebook 15 alimentosVarie na forma de preparo. Você pode fazer picles, chucrute (repolhos), umeboshis (as famosas ameixas em conserva consumidas pelos japoneses) e muitos outros. Fazer sua própria conversa não é uma tarefa complicada. É possível utilizar uma infinidade de alimentos: do pepino ao mexilhão, todos podem ganhar uma nova versão, com sabor e textura diferentes.

Confira abaixo a receita de uma conversa simples.

 

Escalivada em Conserva

Receita do Venga! — chef Nery Owczarzak

Ingredientes:

  • 1 dente grande de alho.
  • 70 ml de azeite.
  • 50 g de berinjela.
  • 50 g de cebola.
  • 50 g de pimentão verde.
  • 50 g de pimentão vermelho.
  • Sal a gosto.

Preparo:

Primeiramente, tempere todos os legumes com sal, pimenta do reino e azeite. Embrulhe, em papel alumínio, somente a cebola e leve ao forno, durante 30 minutos, a 180 graus. Logo após assá-los, retire a pele e as sementes dos pimentões e da berinjela, corte em lâminas grossas.

Preencha um vidro esterilizado (veja abaixo) com todos os legumes. Complete com azeite, deixando livre 2cm da borda. Passe uma faca dentro do recipiente para eliminar possíveis bolhas de ar. Tampe e leve para ferver em banho-maria durante 20 minutos.

Retire e deixe esfriar. Guarde em lugar seco e fresco, sem muita claridade.

 

Fonte: Hortifruti, 24 de janeiro de 2019

Referências:

  • Tabela brasileira de composição de alimentos / NEPA – UNICAMP.- 4. ed. rev. e ampl.. — Campinas: NEPA- UNICAMP, 2011. 161 p.

Raízes comestíveis: você sabia que elas existem?

Notícia

Uma excelente forma de variar a alimentação é incluir raízes comestíveis nas refeições. Conheça algumas opções ...

12/04/2019

manga

Conheça os quatro tipos de manga mais comuns no Brasil

Notícia

Existe uma infinidade de variedades de manga, mas será possível descobrir qual delas é a mais saborosa? Clique e confira ...

04/04/2018

jilo

Jiló: rejeitado por muitos, mas adorado por alguns

Notícia

Muitas vezes considerado um patinho-feio na culinária, o jiló também tem defensores que ressaltam seus nutrientes e apreciam seu sabor amargo ...

25/04/2018