facebook
Voltar para a lista

Ameixa: fonte de fibras e sabor

10/12/2018

Ameixa

Não é todo mundo que é fã de ameixa, mas a fruta tem seu lugar seja nas comemorações de final de ano, ou como opção do lanche da tarde. De sabor doce e levemente azedinho, é uma ótima opção para incluir na dieta.

A árvore que dá origem à ameixa é conhecida como ameixeira. Pode atingir até os 3-4 metros de altura, com ou sem espinhos no tronco. Tem origem asiática e ocupou o continente europeu em épocas remotas. Hoje em dia, já é possível encontrar ameixeiras em todo o mundo. A ciência desenvolveu cultivares que se adaptam ao clima de cada região, deixando o consumo mais fácil para quem não vive sem a fruta.

 

Perfil nutricional da ameixa

Conhecida por suas propriedades laxativas, a ameixa é uma fruta que apresenta um perfil nutricional muito interessante. Saborosa e suculenta,  é uma excelente fonte de fibras, o que explica seu efeito no trânsito intestinal. De acordo com a Tabela Brasileira de composição de alimentos (Taco), cada porção da fruta (ou seja, 120 gramas) da variedade Prunos domestica apresenta 3,1 gramas do nutriente. Além disso, a fruta fresca contém baixa quantidade de calorias e diversos fitonutrientes com poder antioxidante.

Se você prefere consumir a versão seca da fruta, saiba que os nutrientes estão bem mais concentrados. A quantidade de calorias também é infinitamente maior e seu consumo é indicado para quem deseja repor, rapidamente, o gasto calórico (no caso dos esportistas, por exemplo).

Outros nutrientes presentes na ameixa:

  • Vitaminas: C e do complexo B
  • Minerais: Potássio, Fósforo, Ferro, Cálcio, Cobre e Zinco.

 

Quantas ameixas comer por dia?

A ameixa é uma fruta maravilhosa e para se obter todos os benefícios que ela proporciona, o ideal é consumi-la frequentemente. A medida caseira da fruta é de 140 gramas, ou seja, 3 ou 4 unidades.

Contudo, vale atenção para não exagerar. A ameixa contém quantidade de oxalato, substância que interfere na absorção de nutrientes importantes.

Embora seja uma fruta macia, a ameixa deve ser consumida enquanto estiver firme, com cor viva e sem partes moles, manchadas ou machucadas.


SAIBA MAIS

Alimentos seguros: o que tem de certo e errado

Conheça a recomendação diária para o consumo de frutas e hortaliças


Existem diversas variedades de ameixa

Uma das principais características da fruta é que ela apresenta uma grande quantidade de variedades. É possível encontrar até 2.000 tipos diferentes de ameixa no mundo. Elas se diferem uma das outras em relação ao tamanho, formato, doçura e cor da polpa.

No entanto, pode-se dizer que esses tipos podem ser classificados em dois. As europeias, que possuem mais fibras solúveis e menos água – excelente para secar – e as japonesas, que possuem mais sumo – excelentes para o consumo in natura.

No Brasil, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a ameixeira mais cultivada é a da espécie Prunus salicina – originária do Extremo Oriente – e seus híbridos com variedades europeias e norte-americanas. Integrante do grupo das japonesas, esse tipo suporta pouco frio e tolera temperaturas elevadas, adaptando-se bem ao clima do país.

Já no mercado internacional, a Prunos domestica se destaca, principalmente para o comércio do produto seco. Ela é pouco plantada em nosso País, pois apresenta alta exigência em números de horas de frio durante o inverno, com temperaturas iguais ou inferiores a 7,2ºC, que ocorrem somente nos estados do Sul.

 

Tanto doce quanto salgada

A ameixa é famosa pela sua versatilidade. Além de poder ser consumida seca ou in natura, é possível fazer diversas preparações à base da fruta. Para quem ama doces, é possível usar a fruta em geleias, sucos, doces e bolos. Já quem quer inovar na cozinha, pode dar um sabor agridoce ao usar a ameixa em receitas salgadas, como farofas e carnes assadas, por exemplo.

Famosa nos preparos das comemorações do final do ano, é possível fazer pratos incríveis indo do doce ao salgado. Confira uma receita de lombo com calda de ameixa para começar a refeição e finalize com um delicioso manjar de coco com ameixa para a sobremesa.

 

Fonte: Hortifruti, 10 de dezembro de 2018

Referências:

  • CASTRO, LAS de et al. A cultura da ameixeira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuaria, Brasilia, DF (Brasil). Centro de Pesquisa Agropecuaria de Clima Temperado. Servico de Producao de Informacao, 1994.
  • HARROLD, J. et al. Dried fruit (prune) consumption does not undermine active weight management or produce adverse gastrointestinal effects. In: European Congress on Obesity by The European Association for the Study of Obesity. 2014.
  • Tabela brasileira de composição de alimentos / NEPA – UNICAMP.- 4. ed. rev. e ampl.. — Campinas: NEPA- UNICAMP, 2011. 161 p
Segurança dos alimentos: alimento brasileiro é seguro

Segurança dos Alimentos: Alimento brasileiro é seguro, afirma Anvisa

Notícia

O levantamento avaliou mais de 12 mil amostras de alimentos e concluiu que 99% delas são seguras para o consumo ...

16/10/2017

Agrotóxicos nos alimentos

Agrotóxicos nos alimentos: como fica a minha saúde?

Notícia

Os agrotóxicos nos alimentos não devem ser uma preocupação do consumidor ...

08/04/2019

feijao

Feijão: uma mania nacional

Notícia

Um dos alimentos mais tradicionais do prato do brasileiro, o feijão tem diversas variedades. Saiba quem é quem no mundo feijão ...

23/05/2018