facebook
Voltar para a lista

Armazenamento de alimentos: como eles podem durar mais tempo?

14/01/2019

Armazenamento de alimentos

O armazenamento de alimentos é uma daquelas tarefas que parecem fáceis. Entretanto, quando colocamos a mão na massa, até quem já tem intimidade com a cozinha fica com dúvidas. A maneira como guardamos aquilo que vamos comer é fundamental para manter as propriedades nutricionais e evitar a contaminação com microrganismos danosos à saúde humana. Isso vale, principalmente, quando falamos de alimentos perecíveis.

A falta de cuidado nessa etapa pode comprometer a saúde e ocasionar:

  • Contaminação cruzada
  • Desperdício de alimentos
  • Deterioração acelerada
  • Gastos desnecessários

Além disso, fazendo o armazenamento de alimentos da maneira correta, você passa a encontrar frutas e hortaliças mais facilmente. Pode parecer tedioso, mas dedicar-se a essa tarefa é fundamental para uma boa relação com a comida.

 

Armazenamento de alimentos de acordo com o seu tipo

Pensando em facilitar a vida de quem deseja aproveitar ao máximo os alimentos, elaboramos um passo a passo sobre para você cuidar melhor das suas frutas, legumes e verduras. Também abordamos os cuidados necessários com os ovos.

Hortaliças

Por serem verduras folhosas, as hortaliças requerem alguns cuidados especiais. Primeiramente, retire as folhas “machucadas”, o resto de terra e os possíveis insetos. Depois, lembre-se:

  • Vegetais folhosos devem ser armazenados sob refrigeração a 10ºC
  • Não devem ser armazenados por mais de 3 dias
  • Os vegetais devem estar completamente secos antes de guardar
  • Verduras precisam respirar, por isso não as guarde em sacos completamente fechados
  • Na geladeira, deixe os alimentos mais antigos na frente, evitando que eles estraguem por falta de uso.

ATENÇÃO: Confira se sua geladeira está funcionando corretamente. Existe uma zona de risco entre as temperaturas 5ºC e 57ºC. Nessa situação as bactérias se reproduzem com mais facilidade. Dessa forma, vale a pena ficar atento.


VEJA TAMBÉM

Saiba como reaproveitar os alimentos.

Qual a quantidade de hortaliças que devo incluir na minha dieta?


Legumes

Mais uma vez, comece observando se todos os vegetais estão saudáveis e sem machucados aparentes. Em seguida, separe os legumes de acordo com o tipo: tubérculos (como a batata, por exemplo), legumes de bulbo (como cebolas) e legumes de fruto (como o tomate) podem ser melhor armazenados separadamente.  Depois:

  • Não coloque tudo na geladeira. Alguns legumes se conservam melhor do lado de fora
  • Tubérculos como as batatas, por exemplo, devem ser mantidos em locais secos e escuros. Nada de geladeira para eles.
  • Outro alimentos que ficam melhor fora da geladeira são: o pepino, o tomate e a cenoura. Esses legumes são mais sensíveis a umidade, por isso precisam de lugar seco para melhor conservação.
  • Prefira descascar e picar os legumes apenas antes do uso.
  • Alimento picados e descascados devem ser condicionados na geladeira e por até 3 dias.

 

Frutas

As frutas também precisam de cuidados. Todas as frutas emitem um gás natural chamado etileno. O etileno é inofensivo, mas, quando em contato com outros alimentos que produzem esse gás em menor quantidade, pode acelerar o processo de amadurecimento dos alimentos.

Por isso separe as frutas para que uma não prejudique a outra. Os maiores produtores de etileno que devem ser armazenados longe de outras frutas são:

  • Abacate;
  • Abacaxi;
  • Banana;
  • Figos;
  • Maçã;
  • Mamão;
  • Manga;
  • Melão;
  • Pera;
  • Pimentão;
  • Tomate;
  • Uvas.

Opte por fruteiras para essas frutas e fique atento ao processo de maturação. É válido ressaltar que outras frutas podem ser armazenadas na geladeira sem problemas e que todas as frutas que forem descascadas ou picadas também precisam de refrigeração.

 

Ovos

O ovo é outro tipo de alimento perecível que requer cuidados na hora do armazenamento:

  • Guarde dentro da geladeira, nas prateleiras mais ao fundo. Não se deve deixar o alimento na porta.
  • Para saber se o ovo está fresco, chacoalhe-o levemente. Ao realizar esse movimento, o conteúdo não deve se mover (caso se movimente, está velho).
  • Outra forma de verificar é colocar o ovo em uma vasilha com água e sal: quanto mais fresco ele é, mais fundo ele fica.

 

Quando higienizar? Eis a questão.

A hora de fazer a higienização sempre gera muitas dúvidas. O ideal é só fazer a limpeza dos alimentos quando for consumi-los. Entretanto, nem sempre as pessoas se lembram de fazer esse processo a cada utilização.

Quem prefere limpar os vegetais assim que chega do mercado, antes de armazená-los deve ser minucioso. O alimento higienizado só pode ser armazenado se estiver completamente seco. A umidade é um dos elementos que mais favorece a proliferação de fungos e bactérias. Por isso, fique atento.

Tem alguma dúvida sobre hortaliças e frutas? Fale com a gente em nosso Facebook. Assim, poderemos criar conteúdos importantes para vocês! Será um prazer te ajudar.

 

Fonte: Hortifruti, 14 de janeiro de 2019

Hortaliças

Hortaliças – por que devo incluí-las na dieta?

Notícia

Você e sua família consomem hortaliças regularmente? Saiba como esse tipo de alimento pode melhorar a sua qualidade de vida ...

19/02/2019

Açaí

Açaí: do norte do País para o mundo!

Notícia

Uma das frutas mais populares hoje em dia, o açaí vem do Norte e tem características incríveis das quais ser “fitness” é apenas uma delas ...

14/03/2018

Frutas energéticas

Frutas energéticas: excelente opção para o café da manhã

Notícia

Conheça 4 excelentes opções de frutas energéticas para incluir no café da manhã e começar seu dia com tudo ...

07/01/2019