facebook
Voltar para a lista

As frutas de Jorge Tadeu

07/08/2019

As frutas de jorge tadeu

O ano era 1992 e o enredo que conquistava milhares de telespectadores brasileiros se passava na fictícia cidade de Resplendor. Brincando com o realismo fantástico, o autor da novela Pedra sobre Pedra, Agnaldo Silva, nos apresentou a história do fotógrafo Jorge Tadeu.

Interpretado por Fábio Jr, o fotógrafo era muito sedutor e durante sua curta estadia em Resplendor conquistou corações de diversas mulheres. Todas as noites, ele “regava” uma árvore na frente da casa do prefeito (fazia xixi no canteiro).

Sua morte, no capítulo 30, poderia ser o fim do personagem, mas não foi o caso. Como sempre “regava” a planta, suas flores o traziam de volta para quem as ingerisse.

Neste misto de comédia e fantasia, conhecemos a caderneta de Jorge Tadeu, na qual ele descrevia cada uma de suas paixões como se fosse uma fruta tropical. Eram elas pitanga, manga rosa, jabuticaba, sapoti e fruta do conde.

Conheça cada uma dessas frutas e entenda porque Jorge Tadeu gostava tanto delas.


VEJA TAMBÉM

O que são frutas cítricas?

Agrotóxicos são mesmo necessários?


Frutas de Jorge Tadeu: Pitanga

pitanga-mobileFruto da pitangueira, a pitanga é uma fruta nativa do Brasil, encontrada em regiões da Mata Atlântica; É pequena e possui diâmetro de 2 a 3 centímetros. Seu sabor é agridoce e sua polpa aquosa, perfumada e rosada. Sua casca costuma ser alaranjada ou vermelha escura. Uma das curiosidades da fruta é que seu nome vem do tupi-guarani e significa vermelho. 

É fonte de vitamina C, além de conter vitamina A e os minerais: cálcio, ferro e fósforo. A pitanga é também um alimento com baixo valor energético, 100 gramas da fruta contam com apenas 41 calorias.

Versátil, pode ser consumida in natura e em forma de sucos, vinhos, sorvetes, e demais doces.

 

Frutas de Jorge Tadeu: Manga Rosa

Maga rosa-jorge-tadeu

A manga rosa é apenas uma das mais de 1600 variedades de manga existentes no mundo.  Muito conhecida no nordeste, foi eternizada na canção Morena Tropicana de Alceu Valença.

Segundo o pesquisador Valdomiro Aurélio de Souza, da Embrapa Meio-Norte, “a manga rosa tem polpa fibrosa e normalmente o mercado externo prefere manga sem fibra”.

Seu nome deriva da cor vermelho-rosada de sua casca e o fruto arredondado pode ser consumido in natura e na forma de sucos. 

 

Frutas de Jorge Tadeu: Jabuticaba

Jabuticaba-mobile

Fruta de casca negra e polpa branca que cresce colada ao tronco a árvore. A jabuticaba tem um formato arredondado e um sabor doce muito apreciado.

Existem cerca de 15 tipos diferentes da fruta, sendo a variedade Sabará a mais comum.

A maioria da produção acontece em pomares domésticos e a fruta pode ser utilizada inclusive para fazer bebidas alcoólicas. O licor de jabuticaba é conhecido por ser muito saboroso.

Na fruta é possível encontrar pequenas quantidades de ferro. Além disso, a quantidade de vitamina C é expressiva. De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), cada 100 gramas de jabuticaba possuem 16,2 miligramas dessa vitamina.

A jabuticaba é um destaque dos grupo de alimentos arroxeados e, por isso, apresenta na sua composição flavonoides, elementos que possuem ação antioxidante. 

 

Frutas de Jorge Tadeu: Sapoti

Sapoti-jorge-tadeuOriginário da América Central, o sapoti é encontrado principalmente nos estados do norte e do nordeste do Brasil. 

Tem uma fina casca com coloração que varia entre o castanho e o marrom e sua polpa tem cor amarela. O tamanho de um sapoti varia de 3 a 10 centímetros de comprimento e a fruta pode ser arredonda, achatada ou esférica.

O fruto apresenta diversos nutrientes como vitaminas B, C, ferro, fósforo e cálcio. Ele é utilizado em muitas receitas da culinária nordestina, consumido ao natural ou na forma de doces, sucos e bolos. A madeira pode ser utilizada em carpintaria.

 

Frutas de Jorge Tadeu: Fruta-do-Conde

Fruta-do-conde-jorge-tadeuA fruta do conde é dona de uma casca rígida, possui um formato muito peculiar e sabor bem adocicado. É uma fruta típica do cerrado e é da mesma família da graviola.

O nome “fruta-do-conde” deve-se ao fato da primeira muda da espécie ter sido introduzida em 1626, na Bahia, pelo governador Diogo Luís de Oliveira, o Conde de Miranda. 

A fruta é geralmente consumida em estado natural ou pode ser usada no preparo de sucos e sorvetes.

 

 Dessa salada de frutas, qual delas te parece mais interessante? Conte para gente nos comentários.

 

Fonte: Hortifruti, 07 de agosto de 2019

Embrapa lança maracujá-doce com 1001 utilidades

Notícia

Além de ser consumido como alimento, também se aproveitam as folhas, a polpa, as sementes e a casca do fruto dessa planta ...

22/12/2017

Crucíferas são hortaliças que fazem vem a saúde

Crucíferas: você sabe o que são?

Notícia

Se essa pergunta te deu um nó na cabeça, esse texto é para você. Conheça as brássicas e saiba o motivo pelo qual elas são importantes para a alimentação! ...

08/12/2017

Priprioca

Priprioca: o delicioso aroma do Pará

Notícia

A priprioca exala um perfume maravilhoso e característico da Amazônia. Conheça mais dessa raiz que está entrando de vez no mundo culinário ...

27/11/2018