facebook
Voltar para a lista

Banana é uma fruta de sucesso

Banana

A banana acompanha o desenvolvimento dos seres humanos há muito tempo. Foi uma das primeiras plantas frutíferas a terem domesticação, cerca de 7.000 anos atrás, no sudeste da Ásia. Atualmente é uma das principais commodities de exportação de vários países em desenvolvimento.

Praticidades da bananaDessa forma, é uma fruta de muitas facilidades. Além de saborosa, é de fácil transporte, fácil de descascar, não estraga com tanta facilidade e pode ser consumida praticamente em qualquer lugar. Portanto, essa praticidade somada com a disponibilidade desse alimento no país faz com que a banana tenha grande consumo por pessoas de diferentes idades e regiões.


Um levantamento realizado pela EMBRAPA mostrou que um brasileiro consome em torno de 25 kg/ano de banana. O gasto com a aquisição desse alimento é de 0,87% do total das despesas com alimentação. Trata-se de uma fruta bastante acessível.


Origem das bananas

As bananas surgiram no sudeste da Ásia e no Pacífico Ocidental. As variedades da fruta que conhecemos hoje são resultantes da domesticação e combinação de mutações das espécies Musa acuminata e a Musa balbisiana. Por isso, as bananas têm identificação como Musa spp..

Em um primeiro momento, a distribuição das bananas pelo mundo ocorreu pelas mãos dos árabes e posteriormente, pelos portugueses e espanhóis que as levaram para as Américas. Assim, a fruta chegou ao Brasil.


VEJA TAMBÉM

Maçã: uma das frutas mais apreciadas pela humanidade

Laranja: conheça mais e descubra como potencializar as vitaminas


Além disso, é importante dizer que, em todos os lugares que a banana chegou, ela assumiu importância econômica, por conta da sua adaptabilidade e valor comercial.

Nesse sentido, atualmente as bananas estão amplamente distribuídas nos trópicos e subtrópicos. Nessas regiões, sua produção ocorre ao longo de todo o ano e fazem parte da alimentação básica de milhões de pessoas. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), 138 países produziram banana em 2018, é uma das frutas mais consumidas no mundo.

As variedades Gros Michel e Cavendish

Banana Gros Michel
Banana Gros Michel

Agora, o que você provavelmente não sabe é que a principal variedade com consumo atual é bem diferente da que consumíamos. Dessa maneira, até 1950, a variedade com maior plantio no mundo era a Gros Michel, com características sensoriais diferentes do que conhecemos hoje. Além de uma aparência diferente, frutos longos e delgados, era bem mais doce.

Naquela época, a América Central produzia e exportava banana para todo o mundo. Até que, em meados de 1950, uma doença causada por um fungo, até hoje sem controle, dizimou os bananais. Conhecida como o Mal do Panamá, a doença foi um marco na história da banana.

Banana Cavendish
Banana Cavendish

Sendo assim, a solução para o problema acabou sendo o cultivo de uma outra variedade de banana denominada Cavendish, que tinha cultivo em um palácio na Inglaterra. A vantagem da Cavendish é que a variedade resistiu ao Mal do Panamá e passou a ter plantio nas regiões com infestação do fungo.

Atualmente, as bananas Cavendish são as mais conhecidas e representam aproximadamente 50% da produção global. No Brasil, essa variedade é popular como banana nanica ou d’água. O restante da produção, por sua vez, dividiu-se entre as mais de mil variedades de banana existentes, como a “maçã” e a “prata”. Elas têm cultivo no Brasil, mas são suscetíveis ao Mal do Panamá.

Produção de bananas Brasil e no mundo

produção de bananaAs bananas são classificadas como as principais culturas em termos de produção e comercialização entre as frutas tropicais.

Segundo a FAO, a produção mundial de banana atingiu, em 2018, aproximadamente 115,7 milhões de toneladas. Nesse sentido, os quatro maiores produtores foram: Índia com 30,8 milhões de toneladas, China com 11,2 milhões, Indonésia com 7,2 milhões, e Brasil com 6,7 milhões de toneladas.


VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR POR

Mamão: seus benefícios e sua produção no Brasil


As projeções da FAO são de que a produção mundial de bananas deve crescer 1,5% ao ano, atingindo 135 milhões de toneladas em 2028.

Adriana Rosso "A bananeira precisa de muitos cuidados manuais. Um solo fértil e bem preparado, limpeza das folhas, escamento dos cachos e monitoramento de doenças é essencial. A colheita é o momento de maior cuidado e os frutos não podem ser machucados"
Adriana Rosso - Produtora de Banana há 27 anos e empresária

A produção brasileira de banana está distribuída em todos os estados, incluindo o Distrito Federal, destacando-se, depois da laranja, como a fruta mais importante em área colhida, quantidade produzida, valor da produção e consumo. Assim como no mundo, a bananicultura caracteriza-se como agricultura familiar, ocorrendo em pequenas e médias propriedades.

Adriana Rosso "É o caso de Adriana Rosso, atualmente presidente da associação de bananicultores de Criciuma/RS (ABACRI). Descobriu o amor pela bananicultura pela família de seu esposo, que tem a cultura da banana como fonte de renda há muitas gerações."
Adriana Rosso - Produtora de Banana há 27 anos e empresária

produtoras de banana no brasil

Dessa maneira, em 2018, a área plantada no país atingiu 451,4 mil hectares. Os Estados da Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Pará são os mais representativos, tanto em área colhida quanto em produção de banana no Brasil. Mais de 95% da produção são destinados ao mercado interno.

Adriana Rosso "Nossa produção de bananas é 100% sustentável, não prejudicamos o meio ambiente e fazemos aproveitamento de toda a planta, pois até a casca é aproveitada para tratar os gados, com a agregação de valor da fruta e a valorização da fruticultura."
Adriana Rosso - Produtora de Banana há 27 anos e empresária

Conheça, no infográfico, algumas das principais cidades produtoras de Banana no Brasil.

Banana, deliciosa e saudável

A banana é uma paixão nacional. O consumo in natura é favorecido por sua praticidade e durabilidade quando comparado a outras frutas. Com sabor característico, é ingrediente habitual em preparações doces e salgadas presentes na culinária nacional. Encontramos banana em bebidas, acompanhamentos de pratos principais, sobremesas, recheios e coberturas de bolos, tortas e sorvetes, bem como em passas, doces, biscoitos, cookies, cereais, chips, entre outros.

Adriana Rosso "Os chips de banana, são um importante derivado que evita o desperdício 'daquelas frutas que sofreram algum machucadinho e que seriam descartadas."
Adriana Rosso - Produtora de Banana há 27 anos e empresária

No que diz respeito às informações nutricionais, a fruta apresenta variações quanto aos valores de energia em função da variedade e do tamanho da porção.

principais informações nutricionais da banana

Sendo assim, pode ser considerada como um alimento de alta densidade nutricional, ou seja, baixo valor calórico, e elevado teor de nutrientes (vitaminas, minerais e compostos bioativos).

O perfil de carboidratos na banana é predominantemente de amido disponível, com menor participação da frutose e glicose. A presença da fibra alimentar contribui com a saciedade conferida quando do consumo deste alimento, além de auxiliar na saúde intestinal.

Rica em nutrientes a banana apresenta em sua composição vitaminas, minerais e compostos bioativos (carotenoides). 

Entre os minerais a banana se destaca por ser uma excelente fonte de potássio. O potássio é um mineral que, em parceria com o sódio e o cloro, responde pela manutenção do equilíbrio hídrico e ácido básico do organismo. 

No quesito vitaminas, é importante destacamos a banana da terra como boa fonte de vitamina A. Já quanto ao teor de vitamina C presente em uma porção de banana das variedades terra, maçã, prata e figo atende entre 10 a 15% da necessidade diária. Portanto, essas variedades são boas fontes de vitamina C.


VEJA TAMBÉM

Manga: fruta de muitos benefícios e sabores


Além disso, a banana é uma excelente fonte de potássio, pois em uma unidade do fruto temos mais de 30% da ingestão recomendada do nutriente. Caso você não saiba, o potássio é um mineral bastante importante e que, em parceria com o sódio e o cloro, vai ajudar na manutenção do equilíbrio hídrico e ácido básico do organismo.

No entanto, o consumo inadequado (tanto para mais quanto para menos) destes minerais pode ocasionar problemas à saúde. Vale lembrar que encontramos potássio nas leguminosas, hortaliças, carnes e oleaginosas, em quantidade, às vezes, superiores à presente na banana.

Pergunte ao Google, nós respondemos!

Quais os benefícios da banana?

Como parte de um hábito alimentar saudável a banana é uma fruta com bom aporte de fibra alimentar que contribui com a saciedade e saúde intestinal. Apresenta em sua composição vitaminas, minerais e compostos bioativos (carotenoides) com ação antioxidante. Fonte de minerais como sódio. potássio, fósforo e magnésio cujas ações no metabolismo são essenciais para o bom funcionamento do organismo e manutenção da saúde

Quantas bananas se pode comer por dia?

Não há uma recomendação específica de consumo de banana ao dia. Temos a recomendação do consumo de 03 a 05 porções de frutas ao dia. No caso da banana, uma porção equivale a uma unidade do fruto. Ao consumir somente um tipo de fruta perdemos a oportunidade de variar a oferta de sabores e nutrientes presentes nas demais variedades de frutas.

Banana é carboidrato?

A banana é um alimento fonte de carboidrato. O perfil de carboidratos na banana é predominantemente de amido disponível, com menor participação da frutose e glicose. A presença da fibra alimentar contribui com a saciedade conferida quando do consumo deste alimento, além de auxiliar na saúde intestinal

Qual a banana mais rica em vitaminas?

Todas as variedade de banana apresentam vitaminas e minerais em sua composição. Em relação aos carotenoides (vitamina A) o destaque vai para a banana da terra (119mg RAE/100g). Em relação a vitamina C o destaque recaí sobre a banana prata (21,6mg/100g). O equivalente de folato é outro destaque desta fruta, estando presente em quantidade semelhante nas variedades terra, ouro e prata.

Curiosidades sobre as bananas

  1.   O desenvolvimento de um cacho de banana leva em torno de nove meses e ao contrário de outras frutas, como o kiwi que têm uma estação de crescimento definida, as bananas se desenvolvem durante o ano todo.
  2.  Confunde-se constantemente as bananeiras com árvores ou palmeiras, mas na verdade são plantas herbáceas, assim como o gengibre. Inclusive, ambos os vegetais não se desenvolvem a partir de sementes, mas sim de mudas ou rizoma (termo técnico).
  3.   A ausência de sementes no fruto se dá por conta da forma com que os agricultores ancestrais domesticaram as bananas, priorizando a comestibilidade. Portanto, desde aquela época, mudas de plantas que apresentavam frutos com menos sementes e mais polpa iam para a lavoura.
  4.  Biomassa de banana verde é um produto obtido a partir do processamento do fruto verde e apresenta como diferencial o teor de amido resistente (tipo de amido que não é digerido e absorvido pelo intestino delgado de pessoas saudáveis). Estudos sugerem um provável papel deste tipo de amido na saúde intestinal e no controle da glicemia e lipemia pós-prandial, portanto, uma possível ação benéfica para diabéticos e dislipidemicos. Os efeitos são observados quando o produto apresenta de 50 a 60% de amido resistente.
  5. Câimbra muscular é um fenômeno multifatorial, onde desidratação, perda de sais minerais e fadiga neuromuscular estão entre os fatores causais. Durante o exercício físico, a perda de potássio por meio do suor é baixa, portanto, não é a causa do problema.

Você sabe qual a melhor época para comprar banana?

Produz-se banana no Brasil durante todo o ano. Nas Ceasas o preço médio do quilo variou de 1,69 a 3,41 reais ao longo do ano de 2020. Sendo assim, os valores mais baixos ocorreram nos meses de janeiro, fevereiro e março e os mais altos em novembro e dezembro.

preço médio da banana

 

 

Conteúdo atualizado em 16/07/2021

 

Principais fontes:

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TBCA). Universidade de São Paulo (USP). Food Research Center (FoRC). Versão 7.1. São Paulo, 2020. [Acesso em: 09/07/2021]. Disponível em: http://www.fcf.usp.br/tbca.

Companhia Nacional de abastecimento (CONAB).

Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO)

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária  (EMBRAPA): https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia40/AG01/arvore/AG01_28_41020068055.html. Acesso 27.04.2020.

  1. Mohandas, K.V. Ravishankar (eds.), Banana: Genomics and Transgenic Approaches for Genetic Improvement. 2016.

Rio Grande do Norte é destaque na produção de melão

Notícia

Estado contribuiu significativamente para salto que o Brasil deu na produção da fruta nos últimos anos ...

frutas mais consumidas no brasil

As 10 frutas mais consumidas no Brasil: confira a lista das preferidas

Notícia

Descubra quais são as 10 frutas mais consumidas no Brasil e como elas são produzidas. ...

Turismo e saúde: conheça o Circuito das Frutas de São Paulo

Notícia

Quem mora na capital paulista tem uma opção de turismo saudável e saborosa a poucos quilômetros da metrópole ...