facebook
Voltar para a lista

Batata: uma escolha saudável e pouco calórica

19/08/2020

Batata

A batata é um alimento que agrada o paladar do brasileiro. Se alguém tem dúvida, basta verificar a composição do prato feito tradicional dos restaurantes de norte a sul do país e constatará que a batata reina na maioria dos cardápios.

Conhecida popularmente como batata inglesa a Solanum tuberosum (nome científico da planta), é uma hortaliça que vai muito além do Brasil e faz parte da dieta básica de mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. Atualmente. é a terceira cultura alimentar mais consumida pela humanidade, ficando atrás apenas do arroz e trigo.

Apesar de ser referida como “inglesa” a batata não é originária do continente europeu. As “raízes” da batata são sul-americanas, mais especificamente na região dos Andes peruanos e bolivianos, onde já era cultivada e consumida por populações nativas há mais de 8.000 anos.

A batata conquistou os europeus

Por volta de 1520, a batata foi introduzida na Europa, onde foi mais bem estudada e novas variedades foram sendo desenvolvidas e selecionadas para se desenvolver em climas e solos desse continente.

origem da batataFoi uma importante personagem na independência da Irlanda, enquanto os Ingleses destruíam a lavoura de trigo e matavam os porcos, levando os irlandeses à miséria. No entanto, as batatas eram de fácil cultivo, baratas e, durante o inverno, também sobreviviam às geadas, permanecendo intactas abaixo do solo. Com isso, passaram a ser a principal fonte de nutrientes dessa nação.

De fato, apesar de ser reconhecida pela sua concentração de carboidratos, a batata também é um alimento que possui proteínas e sais minerais. Inclusive, essa hortaliça contém considerável concentração de vitamina C.

Na década de 1840, um microrganismo muito semelhante a um fungo, o oomiceto Phytophthora infestans, também encontrou na batata sua principal fonte de alimento e passou a contaminar e destruir todos os batatais da Europa, afetando principalmente os Irlandeses, época que ficou conhecida como A grande fome.


SAIBA MAIS

Hortaliças – por que devo incluí-las na dieta?

Como cultivar hortaliças em casa


O microrganismo segue sendo uma das principais ameaças aos batatais, felizmente hoje já existem estratégias, insumos e novas variedades que ajudam os produtores a continuarem a produzir batatas pelo mundo.

Os nutrientes da batata

A culinária brasileira também incorporou a batata em milhares de receitas. De sabor delicado e neutro, permite preparações salgadas e doces. Com textura característica, devido à presença do amido, permite o preparo de purês, massas e cremes. Por não conter glúten, é uma alternativa para pacientes celíacos.

informações nutricionais da batata

Os anos de pesquisa e um melhor conhecimento sobre esse alimento seguem apontando a batata como uma boa opção para a oferta de energia da alimentação diária, resultado da sua concentração de carboidratos.


Curiosidade:

Para avaliar a composição nutricional dos alimentos preparados, não podemos esquecer do índice ou fator de cocção, também conhecido como índice de conversão. Através deste indicador, conseguiremos entender o ganho ou perda de peso dos alimentos, quando submetidos às operações de cocção.

Nesse sentido, os alimentos na fase de preparo podem sofrer tanto hidratação quanto desidratação. No caso da batata, por exemplo, são necessários de 140 a 150g de batata crua para produzir 100g de batata frita.


É um alimento que não apresenta quantidade expressiva de lipídeos, exceto quando frita, o que eleva o valor calórico da porção. Além disso, vitaminas, minerais e compostos bioativos dos alimentos estão presentes em sua composição, com destaque para a vitamina C.

No entanto, vale lembrar que esta vitamina é sensível e que a forma de preparo altera o conteúdo no alimento.

Por conter quantidade pequena (traços) de sódio em sua composição, a batata faz parte do grupo de alimentos que não contribui para o aumento da pressão arterial.

Mas fique atento, ao adicionar sal para preparar e temperar a batata, você modifica esta importante característica natural dos alimentos de origem vegetal. Portanto, utilize sal e temperos ricos em sódio com moderação.

Desmistificando alguns mitos:

Alimentos fontes de carboidrato são escolhas saudáveis e não contêm valor calórico elevado. A quantidade ideal a ser ingerida guarda relação direta com sua necessidade de energia diária. Tubérculos, cereais, verduras, legumes e frutas são ótimas opções de carboidrato e fibras alimentares.

comparativo entre alimentos fontes de carboidratos

A batata é um caule

Por crescer embaixo da terra, muitos podem pensar que a batata é uma raiz, mas as batatas são tubérculos e todo tubérculo é um caule modificado. Isso mesmo, existem caules por de baixo da terra! Ficou confuso? A gente explica essa diferença.

Os caules subterrâneos são mais comuns do que você imagina, isso porque todo rizoma (gengibre), bulbo (cebola) e tubérculos (batata) são caules que fazem parte do principal eixo de sustentação da planta. Por mais que essas estruturas estejam enterradas no solo, elas não são responsáveis por retirar água e nutrientes do solo. Tal função é das raízes. Os tubérculos armazenam substâncias de energia, como é o caso da batata, que possui grandes concentrações de amido, um carboidrato de grande energia.


VEJA TAMBÉM

Raízes comestíveis: você sabia que elas existem?

Beterraba é uma mina de ouro em antioxidantes


O próprio tubérculo de batata é capaz de desenvolver raízes e originar uma nova planta, inclusive essa é a principal forma de cultivar batatas.

A batata que consumimos é a mesma utilizada no campo. Isso porque, o tubérculo com brotações, também conhecida como “batata semente”, é a estrutura de propagação que os agricultores usam no plantio de suas lavouras. Quando colocada debaixo da terra, vai crescendo e formando uma nova planta. A colheita ocorre entre 3 a 4 meses após o plantio.

Agora, não confunda tubérculo com raízes tuberosas! As raízes tuberosas como cenoura e beterraba acumulam nutrientes dentro da raiz, embaixo da terra, e o caule fica acima da superfície.

A produção de batatas pelo mundo

produção de batataO desenvolvimento de novas variedades, o melhor conhecimento das pragas e doenças que afetam essa planta, acompanhados das boas práticas agronômicas, tem apresentado ótimos resultados na produção de batatas. Nas duas últimas décadas, a área cultivada diminuiu cerca de 12%, e a produção aumentou em torno de 13%. Tivemos um ganho de produtividade de pelo menos 25%.

O país que mais produz batatas é a China, com uma produção de mais de 90 milhões de toneladas do tubérculo por ano. Com essa produção, é responsável por cerca de 25% de toda batata produzida no mundo.

produtores de batataO Brasil produz aproximadamente 4 milhões de toneladas de batata por ano. Produção essa que é voltada ao mercado in natura, menos de 20% é destinado à indústria de batata frita, que acaba recebendo sua matéria-prima de outros países. Por isso, se você quer incluir batatas produzidas por agricultores brasileiros na sua alimentação, prefira as não processadas.

Segundo a Associação Brasileira da Batata (ABBA), o agronegócio da batata envolve cerca de 5 mil produtores de 18 principais regiões em sete estados brasileiros (MG, SP, PR, RS, SC, GO e BA).

Devido à preferência dos consumidores, a maioria das variedades cultivadas no Brasil e no mundo são aquelas desenvolvidas no hemisfério norte. Mesmo com muitas cultivares tendo sido aprimoradas por pesquisadores brasileiros. Apenas uma, “Baronesa”, se destacou no mercado, mas nos limites do estado do Rio Grande do Sul.

Para superar essa questão, a EMBRAPA e ABBA formaram uma parceria para desenvolver variedades nacionais. O objetivo desse consórcio é o crescimento sustentável da cadeia e a satisfação dos consumidores.

Como resultado, três novas variedades de batata foram desenvolvidas e apresentam potencial para serem adotadas pelos agricultores nos próximos anos. Por isso, caso encontre os nomes BRS Clara, BRSIPR BEL e BRS F63 em alguma batata, não deixe de levá-la para casa e experimentar uma das hortaliças desenvolvidas e cultivadas por brasileiros.

 

 

 

Principais fontes:

Associação Brasileira de Batata. Disponível em: http://www.abbabatatabrasileira.com.br/site/. Acesso em: 13/08/2020.

Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO).

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Como plantar batata. Disponível em: https://www.embrapa.br/hortalicas/batata/como-plantar. Acesso em: 13/08/2020.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Internetional Potato Center. Annual Report 2019. Peru, 2020.

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TBCA). Universidade de São Paulo (USP). Food Research Center (FoRC). Versão 7.0. São Paulo, 2019. [Acesso em: 21 de maio de 2020]. Disponível em: http://www.fcf.usp.br/tbca.

Para comer em outubro: 3 dicas de hortaliças

Notícia

Além das frutas, hortaliças também são influenciadas pela estação ...

20/10/2017

Três razões para incluir a beterraba no seu dia a dia

Notícia

De coloração forte e sabor adocicado, a beterraba tem diversos benefícios que vão fazer você incluí-la na sua dieta ...

20/12/2017

Agrotóxicos nos alimentos

Agrotóxicos nos alimentos: devo me preocupar?

Notícia

ANVISA assegura que a utilização de agrotóxicos nos alimentos não causa danos à saúde do consumidor. ...

08/04/2019