facebook
Voltar para a lista

O cultivo de hortaliças e a segurança do que comemos

cultivo de hortaliças

Já se perguntou sobre o cultivo de hortaliças que você põe à mesa?

Quando você chega no supermercado, sacolão ou feira e se depara com a grande variedade de frutas, verduras e legumes, você pensa sobre como ela foi produzida? Em como o alimento se desenvolveu, desde a semente até chegar a esse vegetal bonito e apetitoso?

Se você sempre se perguntou, esse texto é para você. Mas, se não, esse texto também é para você, porque todo mundo deve saber como sua comida é produzida.

Quanto é o cultivo de hortaliças no Brasil?

O Brasil produz cerca de 53 milhões de toneladas de hortaliças, ocupando aproximadamente 5,1 milhões de hectares. De acordo com o último censo agropecuário feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2017, considerando somente a produção de verduras e legumes, o país chega, aproximadamente, na marca de 12,2 milhões de toneladas produzidas por ano.

cultivo de hortaliças no Brasil

Porém, dentre todas as hortaliças produzidas (excluindo as frutas), os produtos tomate, batata-inglesa, batata-doce, cebola e alho atingiram 10,4 milhões de toneladas em quantidade produzida.


Saiba tudo sobre a cebola, uma das hortaliças mais consumidas no mundo


Como é o cultivo de hortaliças?

O cultivo de hortaliças envolve uma série de etapas, desde a escolha do material propagativo até a comercialização do produto final, na forma fresca ou processada. 

Existem várias maneiras de se produzir frutas, verduras e legumes. Sendo assim, podem ser cultivadas em campo aberto ou em estufas (cultivo protegido). Além disso, podem seguir práticas convencionais, orgânicas e até agroflorestal. E dentro de cada tipo, existem variações dos métodos de cultivo, manejo das plantas e diferenças no escalonamento da produção.


LEIA TAMBÉM

Alimentos orgânicos e convencionais. Qual a diferença?

Alimentos orgânicos são mais seguros que alimentos convencionais?


Aqui, vamos falar um pouco sobre algumas formas de se produzir hortaliças, as mais comuns e as novas tecnologias que estão ganhando cada vez mais adeptos no mundo todo. É importante lembrar que, se for conduzida de maneira correta, qualquer tipo de produção vai gerar alimento seguro e saudável para todos nós.

Cultivo convencional de hortaliças

revolução dos tomateirosO cultivo convencional é o mais utilizado atualmente para a produção de frutas, verduras e legumes. Pode ser feito por pequenos, médios e grandes produtores e na maioria das vezes é feito em campo aberto, no solo. Essa produção conta com a utilização de defensivos químicos e biológicos e a utilização de fertilizantes e indutores de resistência nas plantas.

Pedro Gonçalves "Para produzir hortaliças é preciso estratégia e investimento em tecnologias, só assim é possível enfrentar alterações climáticas e produzir o ano todo."
Pedro Gonçalves - Produtor de hortaliças há 14 anos, dono da fazenda Passagem - Divinópolis/MG.

Nas práticas agrícolas são utilizados fertilizantes minerais e pesticidas para manter altos rendimentos e controlar pragas e doenças. Os fertilizantes são empregados para suprir a carência de nutrientes. Assim como eu e você, as plantas precisam de nutrientes para crescer e se desenvolver. E claro, para servirem de fonte dessas substâncias para nossa saúde.

O tomate é uma cultura que é bastante produzida de forma convencional. Com uma produção de tomates que chega a 4 milhões de toneladas, o Brasil está entre os 10 maiores produtores desse fruto no mundo há dez anos. Ao todo são quase 50 mil fazendas de tomate, dos quais boa parte é de gestão familiar.

Pedro Gonçalves "Atualmente conseguimos produzir pimentão, berinjela, quiabo e couve-flor durante o ano todo, mas existem épocas em que o custo fica maior devido a necessidade de controlar pragas e doenças e consumo de água."
Pedro Gonçalves - Produtor de hortaliças há 14 anos, dono da fazenda Passagem - Divinópolis/MG.

Cultivo orgânico de hortaliças

Com certeza você já ouviu falar sobre produtos orgânicos. Esses alimentos são aqueles produzidos de acordo com as práticas e princípios da agricultura orgânica. Esse sistema agrícola é praticado principalmente por pequenos produtores e da agricultura familiar e prescreve a otimização do uso de recursos naturais, minimizando a adoção de energia não-renovável.

Porém, para ser considerado orgânico, o alimento precisa ser produzido seguindo algumas normas, diferentes da produção convencional e não prejudicial ao ecossistema local. Eles precisam ser ainda certificados por órgãos credenciados pelo Ministério da Agricultura (MAPA). Só assim poderão ser comercializados.

Ele emprega, sempre que possível, métodos culturais, biológicos e mecânicos em contraposição ao uso de materiais sintéticos e organismos geneticamente modificados. Dessa forma, toda adubação e proteção são feitas com matéria orgânica como restos vegetais e esterco além de vegetação seca.


Leia também! Defensivos biológicos são o presente e o futuro da agricultura


Assim como qualquer outro modo de produção, a produção orgânica é segura apenas se cumprir recomendações que dizem respeito ao manejo desses produtos, desde a lavoura até os supermercados. Em outras palavras, os defensivos e insumos autorizados para utilização nos cultivos orgânicos, se não forem manejados de maneira adequada, também podem oferecer risco à saúde humana.

Cultivo agroflorestal de hortaliças

Assim como o cultivo orgânico, a produção agroflorestal faz parte dos princípios da Agroecologia, uma das formas de agricultura. Esse modo de produzir estuda o desenvolvimento das plantas considerando o ecossistema em que estão inseridas. Além disso, leva em conta a utilização de práticas de manejo que incorporam as dimensões sociais, culturais, éticas e ambientais.

Nesse aspecto, a produção de hortaliças em agrofloresta se dá pela manutenção do máximo de cobertura vegetal, viva ou durante todo o ano. Além disso, unem diferentes etapas produtivas em uma mesma área: recuperação, produção e conservação.

O cultivo agroflorestal de hortaliças combina a sucessão ecológica e o uso da terra para a produção de alimentos. De forma geral, diversas espécies de plantas alimentícias são cultivadas juntas, em canteiros, dentre elas estão árvores e arbustos que podem ser utilizadas para o extrativismo e/ou recuperação de áreas anteriormente degradadas.

Cultivo de hortaliças sem solo

Alface hidropônica, produzida sem solo.

Pode parecer estranho, mas há muito tempo já é possível produzir alimentos, principalmente hortaliças, sem a necessidade da utilização de solo. O mais conhecido desse tipo de cultivo é a hidroponia, onde as plantas recebem água com nutrientes (solução nutritiva) para suprirem suas necessidades.

Usando espaço mínimo, 90% menos água do que a agricultura tradicional e design engenhoso, os cultivos hidropônicos podem produzir frutas e flores em até metade do tempo. De melancias a alfaces e orquídeas, as plantas podem florescer quando cultivadas em sistemas de hidroponia.

Ítalo Guedes "Teoricamente, qualquer cultura pode ser cultivada em hidroponia, mas é preciso levar em consideração o mercado consumidor, e a produtividade do que se vai cultivar."
Ítalo Guedes - Agrônomo e Pesquisador da Embrapa Hortaliças.

cultivo de hortaliças por aeroponiaAlém da hidroponia, a aeroponia é outro sistema que vem sendo estudado e é muito promissor para a produção sem solo. A aeroponia é um tipo de cultivo sem solo que utiliza sprays (ou névoa) da solução nutritiva nas raízes das plantas. Diferente da hidroponia, que necessita uma lâmina d’água para o fornecimento dos adubos, a aeroponia faz isso com a quantidade mínima de água e nutrientes.

Esse tipo de produção de hortaliças é praticado, em quase a totalidade, em cultivos protegidos. Sendo assim, reduz a utilização de defensivos agrícolas e possibilita a produção ao longo de todo o ano. Dentro das estufas, as plantas estão praticamente livres do ataque de pragas e doenças e dos efeitos ambientais, quase zerando a sazonalidade da produção.

Ítalo Guedes "A hidroponia é um sistema que economiza água e nutrientes na produção e ajuda na redução da emissão de gases de efeito estufa no ambiente. A economia de água em sistemas que não usam o solo para produzir. pode variar de 70 a 98%."
Ítalo Guedes - Agrônomo e Pesquisador da Embrapa Hortaliças.

Dessa forma, esses sistemas promovem um crescimento rápido, com rendimentos maiores e qualidade superior.  Quando comparado a outros sistemas, torna o uso da água em até 95% mais eficiente, proporcionando também um aumento produtivo de 3 a 10 vezes na mesma quantidade de espaço.

cultivo hidropônico

E para a saúde, existem diferenças?

Vimos que existem diferentes maneiras de se produzir hortaliças e frutas e qual o papel de cada tipo de produção têm para o fornecimento de alimentos. Porém, a forma como é produzido o alimento altera a segurança e a qualidade nutricional desses vegetais?

A resposta para essa pergunta é simples: não! De maneira geral e se forem produzidos corretamente, seguindo as boas práticas agrícolas, os alimentos serão seguros e igualmente saudáveis.


SAIBA MAIS

Alimentos seguros: o que tem de certo e errado?


E para quem suspeita da segurança desses alimentos, o mais recente relatório do Programa de Análises de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), revelou que 99% das frutas e hortaliças consumidas pelos brasileiros são seguras.

O relatório disponibilizado em dezembro de 2019 mostrou que, de agosto/2017 a junho/2018, 99,1% dos alimentos monitorados eram seguros para consumo humano. Nesse período foram analisados 14 produtos de origem vegetal que juntos representam 30,86% da aquisição per capita diária, conforme dados do IBGE.

Agrotóxicos nos alimentos análise de risco 2017

Não é só seu celular que tem GPS

Para garantir a maior segurança dos alimentos que consumimos a rastreabilidade de alimentos já está sendo implantada e a Instrução Normativa Conjunta n°2 (INC 2), desde fevereiro de 2018. Nesse sentido, ela auxilia no monitoramento e controle de resíduos de agrotóxicos ou quaisquer outros contaminantes nos diferentes elos da cadeia produtiva de vegetais frescos destinados à alimentação humana. 

O conceito de rastreabilidade dado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) é a “habilidade de seguir a movimentação de um produto por estágios específicos de produção, processamento e distribuição.” Esse sistema é válido para todo o território nacional e analisa os produtos oriundos dos diferentes sistemas de produção.

rastreabilidade de alimentos CTA

O processo de rastreabilidade de alimentos é muito mais do que adicionar um rótulo no produto. Assim, é preciso coletar informações sobre quem produziu, o que foi produzido, quando, como e, para quem foi vendido. Na produção agrícola, esse processo começa lá na fazenda. O produtor precisa ter um controle de todas as atividades de manejo e do planejamento da produção.

Todo esse processo e fiscalização faz parte de medidas que ajudam a garantir a segurança alimentar para a população. Porque, segurança alimentar não é apenas obter calorias suficientes, mas também ter acesso frequente a alimentos seguros que satisfaçam as necessidades nutricionais.

 

 

 

Principais fontes: 

FAO. Food and agriculture Driving action across the 2030 Agenda for Sustainable Development. Disponível em: http://www.fao.org/3/a-i7454e.pdf. Acesso em: 26/04/2021.

Centeno, R. P. e Fagundes, P. N. Análise do papel dos defensivos agrícolas e a relação com a sustentabilidade. Brazilian Journal of Development, 2019.

Feng, H. et al. Applying blockchain technology to improve agri-food traceability: A review of development methods, benefits, and challenges. Journal of Cleaner Production, 2020.

Singh, M., Organic Farming for Sustainable Agriculture. Indian Journal of Organic Farming, 2021.

Frutas energéticas

Frutas energéticas: excelente opção para o café da manhã

Notícia

Conheça 4 excelentes opções de frutas energéticas para incluir no café da manhã e começar seu dia com tudo ...

exportação de frutas no Brasil

Exportação de frutas: como o Brasil está posicionado?

Notícia

O potencial para exportação de frutas do agro brasileiro é enorme, descubra quais são as frutas mais exportadas e os países que se beneficiam dos sabores do Brasil. ...

Um brinde à fruticultura da Bahia

Notícia

Com uma produção significativa, a Bahia se destaca como uma das maiores produtoras de frutas do Brasil. Nesse cenário, até mesmo o vinho vem garantindo posição de destaque ...