facebook
Voltar para a lista

Versátil e saboroso, Cupuaçu vem do Norte e conquista todo o País

15/08/2018

Cupuaçu

Com um aroma intenso e sabor exótico, o cupuaçu é uma das estrelas culinárias da Amazônia. Com polpa branca cremosa, a fruta é largamente utilizada na preparação de sucos, geleias, sorvetes, bombons e outras delícias. Não é à toa que o Cupuaçu está entre as preferidas daqueles que visitam a região Norte do País.

Fruto do cupuaçuzeiro, árvore que pode chegar até 15 metros de altura, o Cupuaçu é oval, tem casca marrom e pode medir até 25 centímetros. Até a década de 1970, sua produção era essencialmente extrativista. Nos últimos anos, no entanto, tornou-se um cultivo importante na região Norte do País graças à domesticação.

Até mesmo as sementes da fruta podem ser utilizadas. Vale destacar que elas correspondem a cerca de 20% do fruto. Logo depois de fermentadas, secas, torradas e moídas, as sementes do cupuaçu geram um produto, em sabor e textura, semelhante ao chocolate convencional.

Outro produto do Cupuaçu é a famosa manteiga. Com características similares à da manteiga de cacau, a manteiga de cupuaçu é usada da mesma forma: como ingrediente para a preparação de cosméticos.

Os benefícios do cupuaçu são tão interessantes que a fruta foi alvo de um grande debate internacional. Uma empresa de alimentos japonesa tentou registrar o nome cupuaçu para uso exclusivo. Após esforços conjuntos de ONGs brasileiras, do Governo Federal e de ações movidas contra a marca do Japão, o registro foi cancelado na União Europeia, no Japão e nos Estados Unidos.


TAMBÉM VEM DO NORTE

Ninguém resiste ao tremor do jambu, hortaliça típica do Pará


Propriedades do Cupuaçu

O nome científico é Theobroma Grandiflorum. Já a palavra Cupuaçu deriva do Tupi: kupu, que significa “que parece com cacau”, e uasu pode ser compreendido como “grande”.  O Cupuaçu contém vitaminas do complexo B e vitamina C.

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco), o Cupuaçu possui ainda nutrientes e minerais, como fibra alimentar, cálcio, magnésio e potássio. Outro ponto interessante é que os povos amazônicos usam suas sementes para fins terapêuticos, em tratamentos do para o sistema digestivo.

 

Cupuaçu geneticamente melhorado vence a vassoura de bruxa

Assim como o cacau, o Cupuaçu sofre com a Vassoura de Bruxa. A praga ataca os frutos e reduz a produtividade da planta. Pomares inteiros já foram perdidos por causa da doença. Causada por um fungo que “viaja” por meio de esporos dispersos no ar, a praga se espalha facilmente. Os prejuízos são enormes.

Uma alternativa que está salvando os cupuaçuzeiros vem da biotecnologia. A Embrapa Amazônia Ocidental desenvolveu, por meio de melhoramento genético, novos cultivares de cupuaçuzeiro. Resistência à doença vassoura-de-bruxa, produtividade até cinco vezes maior do que a média regional e qualidade dos frutos são as principais características das novas plantas. É a ciência contribuindo para que a grande variedade de frutas e vegetais do País continue existindo na mesa dos brasileiros.


SAIBA MAIS

Conheça a diferença entre plantas geneticamente modificadas e transgênicos


Cupuaçu no Acre, Pupuaçu no Maranhão

Como vimos em outras frutas regionais, a exemplo da Guavira e da Bocaiúva, é comum que um mesmo alimento tenha vários nomes em diferentes localidades do Brasil. Com o cupuaçu não é diferente. Esse nome é como os povos do Acre e do Pará o conhecem. Porém, no Maranhão, quem quiser se deliciar com a fruta precisa pedir por pupuaçu. Já na Bahia, lá lugares que se referem à fruta como cacau-cupuaçu, por exemplo.

No Norte do País, de onde a planta é originária, as condições climáticas são favoráveis para o desenvolvimento da planta. Por isso, no Acre, há um programa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) de melhoramento genético dedicado a aumentar a produtividade e resistência da árvore plantada no estado.

A torta de cupuaçu, uma das iguarias feitas com a fruta, faz parte da tradição culinária acreana. Rápida e fácil de fazer, a sobremesa é ótima opção de sobremesa para família, amigos e também para festas de aniversário

 

Cupuaçu além da alimentação

A indústria de alimentos se rendeu ao Cupuaçu e, hoje, já é possível encontrá-lo até mesmo em bebidas. Mas seu uso não fica restrito à alimentação. O Cupuaçu faz sucesso em outras indústrias, como a farmacêutica e a de beleza, por exemplo. Devido a sua consistência, pode ser encontrado em produtos como loções e cremes para a pele. Além disso, também é “ingrediente” de xampus e outros produtos para o cuidado do cabelo, principalmente em receitas anti-frizz, devido à sua capacidade hidratante.

 

Fonte: Hortifruti, 15 de agosto de 2018

Referências:

  • EMBRAPA Amazônia Ocidental. Cupuaçuzeiro mais produtivo e resistente à vassoura-de-bruxa é disponibilizado ao agricultor, disponível aqui;
  • TABELA BRASILEIRA DE COMPOSIÇÃO DE ALIMENTOS. NEPA – UNICAMP., – 4. ed. rev. e ampl, 161 p., 2011.
Erva-Mate

Erva-mate muito além do chimarrão

Notícia

A erva-mate é o ingrediente principal de uma bebida típica do sul do País: o chimarrão. Que tal conhecer um pouco mais dessa erva? ...

04/07/2018

Para comer em outubro: 3 dicas de hortaliças

Notícia

Além das frutas, hortaliças também são influenciadas pela estação ...

20/10/2017

Agrotóxicos e meio ambiente

Agrotóxicos e meio ambiente: como impactam a sua vida?

Notícia

A relação entre agrotóxicos e meio ambiente pode estar mais próxima da sustentabilidade do que muitas pessoas imaginam. ...

17/09/2019