facebook
Voltar para a lista

Saiba por que o Durian é uma fruta proibida da Ásia

11/06/2019

Durian

Durian, para quem vê de longe, lembra uma jaca. De cor verde e casca espinhosa, essa fruta exótica é muito consumida na Ásia. Descrito como suculento e saboroso, o durian pertence ao mesmo grupo do hibisco e do quiabo – a família Malvaceae. Ainda que seu sabor possa ser agradável ao paladar, sua característica mais notável envolve outro sentido, o olfato. O cheiro da fruta, além de desagradável, é forte.

As descrições do cheiro são muitas e nenhuma delas sugere uma experiência agradável: de algum tipo de putrefação à um par de meias sujas, uma coisa é unânime: estar perto de alguém que consome a fruta é uma tarefa hercúlea. Com uma descrição como essa, seria natural que a fruta estivesse destinada a ser esquecida, mas não é bem assim. Em países do sudeste asiático, o durian tem grande popularidade e é consumida de diversas formas: in natura na forma de doces, sorvetes e chás.


VEJA TAMBÉM

Saiba como reaproveitar os alimentos.

Você sabe a diferença entre frutas legumes e verduras?


Conhecendo a fruta

Encontrado principalmente em Brunei, Indonésia e Malásia, o durian é fruto de uma árvore do gênero Durio – uma planta que pode chegar ter 50 metros de altura.

Seu cultivo é feito em quintais e nas matas dos países em que é nativa. A primeira frutificação pode demorar até cinco anos. Existem cerca de 30 espécies dessa fruta, mas, caso você queira provar, só um tipo é encontrado no mercado internacional.

Tem um tamanho que impressiona: é possível encontrar frutas com até 30 centímetros de comprimento e 15 centímetros de largura. Apesar do tamanho, é mesmo o cheiro que garante destaque ao durian.


Curiosidade: durian também faz sucesso com felinos de todos os tamanhos. Os tigres das selvas asiáticas sempre consomem a fruta.


Durian – uma questão pública

placa durian proibidoVocê pode até ter achado exagerado, mas o aroma do durian é, realmente, um caso sério. Tão sério que, em alguns países – como a Malásia e Cingapura, por exemplo – o consumo da fruta é  proibido em locais públicos e estabelecimentos fechados, como no metrô, hotéis e shoppings. Diversas placas espalhadas pelas cidades avisam sobre essa proibição. Quem descumpre a lei pode ser multado e expulso do local.

A proibição se justifica. Em um caso ocorrido na Austrália, uma universidade inteira teve que ser evacuada por causa do cheiro do durian. Profissionais que atuavam na biblioteca da instituição confundiram o odor com um vazamento de gás e o corpo de bombeiro foi chamado para averiguar.  

Em outro caso notável, dessa vez na Indonésia, um avião que transportava um carregamento de durians foi temporariamente impedido de decolar devido às reclamações dos passageiros sobre o cheiro.

 

Durian além do cheiro

Mesmo quem vira a cara – e tampa o nariz – para a fruta irá admitir que admitir que ela tem suas vantagens. Afinal, ser conhecido como “o rei das frutas” não é algo que se conquista sem merecimento.

Embora o apelido tenha relação com o tamanho da fruta, o aspecto nutricional também não faz feio. De acordo com dados do departamento de agricultura dos Estados Unidos, o durian possui as seguintes características:

  • É uma fruta calórica, ideal para quem deseja uma opção energética. Cada 100 gramas da fruta apresenta 147 calorias
  • A quantidade de lipídio também merece destaque: são 5,33 gramas – um valor intermediário entre o abacate 8,4 g e o  açaí 3,9 g)
  • É uma boa fonte de fibras. Cada 100 gramas da fruta contam com 3,8 gramas, ou seja, 15% das necessidades diárias de um adulto.
  • A quantidade de vitamina C também impressiona, são 19,7 miligramas – 33% do que um adulto precisa por dia.

 

Os benefícios são muitos, mas será que compensam o desagradável odor? Muito asiáticos acham que sim. E você? Teria coragem de experimentar o rei das frutas?

Conte para gente em nosso Facebook

 

Fonte: Hortifruti, 05 de junho de 2019

Lista de legumes

Conheça a lista de legumes mais consumidos no Brasil

Notícia

Uma lista de legumes mais consumidos no Brasil. Você sabe quais são eles? ...

05/04/2019

Um brinde à fruticultura da Bahia

Notícia

Com uma produção significativa, a Bahia se destaca como uma das maiores produtoras de frutas do Brasil. Nesse cenário, até mesmo o vinho vem garantindo posição de destaque ...

23/11/2017

Melão brasileiro

Melão brasileiro tem pegada de carbono 50% menor do que o do exterior

Notícia

Pegada de carbono do melão brasileiro é metade da encontrado em frutos produzidos no exterior. Entenda porque isso é importante ...

21/11/2018