facebook
Voltar para a lista

Goiaba vence a crise e conquista o mercado

22/08/2018

Goiaba vence a crise

É preciso fazer, dessa goiaba, uma goiabada. Essa frase, que em sua versão original substitui a goiaba pelo limão, é uma metáfora para ver oportunidades em situações aparentemente desfavoráveis. Aqui, substituímos o limão pela goiaba porque a fruta tropical está fazendo exatamente isso, vencendo a crise e conquistando mercados. Mesmo nos últimos anos, período em que a economia brasileira cambaleia, a produção da fruta mostra que este setor segue em crescimento.

Em diversos estados, agricultores têm comemorado a boa fase. Em Minas Gerais, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), nos últimos em 12 anos, a produção da fruta no estado cresceu mais de 200%. Já em São Paulo, lavouras de goiaba avançam sobre áreas antes destinadas à cana de açúcar e à laranja. Segundo a Secretaria Estadual de Agricultura, a safra de 2018 goiaba da região deve ser 9% maior do que em 2017.

Os números impressionam não apenas no Sudeste. Em Pernambuco, um dos Estados mais envolvidos no plantio da goiaba no Brasil, produz-se mais de 140 mil toneladas da fruta. Isso significa que uma em cada três goiabas consumidas no País, in natura ou processada, é produzida em Petrolina. A cidade se localiza no Vale do São Francisco, a 712 km do Recife.


SAIBA MAIS

5 curiosidades sobre a goiaba

Alimentos seguros: o que tem de certo e errado


Um dos fatores que anima agricultores a investir na fruta é o rápido retorno do investimento. O tempo de colheita após o plantio varia de acordo com o clima e a incidência solar. Porém, a média de tempo entre o plantio e a colheita é de 11 a 13 meses. O período de pós-colheita também é variável, mas fica entre 5 a 15 dias, dependendo do estado de maturação da fruta.

 

Goiaba: tecnologia garante exportação da polpa

O Brasil é o líder mundial da produção da goiaba vermelha. Se considerarmos a goiaba branca, é o quarto maior do mundo, atrás de Índia, Paquistão e México. Para continuar com bons números, o mercado da goiaba se prepara para exportar, de forma mais efetiva, a fruta in natura. Diversos produtores estão em busca de certificações para poder acessar o mercado europeu.

Os produtores também contam com a ajuda da tecnologia. Uma pesquisa desenvolvida pela Unesp de Jaboticabal (SP) encontrou um método que mantém a polpa fresca e com todos os seus nutrientes preservados por até 36 meses em temperatura ambiente.

Essa nova forma de manutenção da polpa conta com o uso de embalagens contendo alumínio no interior, assim como ocorre com o leite UHT. Dessa forma, o produto não entra em contato com oxigênio e nem com luz ultravioleta. É uma forma de vender a polpa fresca e não congelada.

Outro recurso tecnológico fundamental para o aumento da produção e, consequentemente, para o avanço das exportações, foi a irrigação. No Vale do São Francisco, em Pernambuco, essa tecnologia garante colheita para o ano inteiro. Além disso, o uso da irrigação enriquecida com biofertilizantes pode reduzir em até 80% os gastos com a preparação do solo, quando analisada em relação a fertilizantes industrializados.

 

Produtos da goiaba 

Um dos fatores responsáveis para o sucesso da goiaba é sua versatilidade. Ou seja, são diversos os produtos que a têm como ingrediente principal. As possibilidades são inúmeras. Sucos, geleias, pastas, frutas em calda, purês e até mesmo um exótico ketchup ganham o paladar do consumidor.

Sem falar em sua principal receita: a famosa goiabada. Típica iguaria caipira, o doce de goiaba já é consumido em diversos lugares do mundo. O doce de consistência firme surgiu no período colonial para substituir a marmelada portuguesa. A forma mais comum de consumo é junto com uma fatia de Queijo Minas.

 

Fonte: Hortifruti, 22 de agosto de 2018

Lentilha

Lentilha: muito além do grão da sorte

Notícia

Muita lembrada no final do ano para as tradicionais simpatias de Réveillon, a lentilha pode ser útil o ano inteiro! ...

03/05/2018

Um brinde à fruticultura da Bahia

Notícia

Com uma produção significativa, a Bahia se destaca como uma das maiores produtoras de frutas do Brasil. Nesse cenário, até mesmo o vinho vem garantindo posição de destaque ...

23/11/2017

Melão brasileiro

Melão brasileiro tem pegada de carbono 50% menor do que o do exterior

Notícia

Pegada de carbono do melão brasileiro é metade da encontrado em frutos produzidos no exterior. Entenda porque isso é importante ...

21/11/2018