facebook
Voltar para a lista

Laranja: conheça mais e descubra como potencializar as vitaminas

21/08/2019

Laranja

A laranja é o que se pode chamar de fruta universal. Dificilmente você vai encontrar alguém que não a conheça. Famosa pela quantidade de vitamina C – típica de toda fruta cítrica – a laranja se destaca pelo sabor, que pode ir do levemente ácido ao doce.

É esse sabor que também confere a ela uma outra característica muito explorada: a versatilidade.  A laranja pode ser consumida in natura, na forma de sucos, como ingrediente de doces e até em preparos salgados, como molhos e saladas.


Laranja com feijoada

Uma combinação muito conhecida e tipicamente brasileira é a feijoada acompanhada com rodelas da fruta.


Não se sabe muito bem o porquê da laranja ter virado um acompanhamento tradicional da feijoada. Porém, existe uma explicação nutricional: a quantidade de vitamina C na fruta. Ao ser ingerida juntamente com uma fonte vegetal rica em ferro – nesse caso, o feijão – a vitamina C favorece a absorção do nutriente.

Ou seja, a vitamina C aumenta a absorção do ferro presente em alimentos de origem vegetal.

 

Tipos de Laranja

Existem centenas de tipos de laranja no mundo. Pode-se dizer que o que as diferencia é o sabor e o local de produção. Partindo desse entendimento, podemos dividir o grupo das laranjas em dois subgrupos principais:

  • As laranjas doces (Citrus sinensis): reúne as frutas apreciadas no preparo de sucos e doces
  • As laranjas azedas (Citrus aurantium): reúne as frutas cujas cascas e polpas servem para a fabricação de doces, enquanto as flores são usadas para extração de perfumes

No Brasil, os tipos mais conhecidos são: Bahia, Pera, da Terra e Lima. Confira mais sobre cada uma delas abaixo:

Laranja BahiaLaranja Bahia

De casca amarelada, a brasileiríssima laranja Bahia é bem fácil de ser descascada. Não apresenta sementes. Muito utilizada em saladas e para o consumo in natura.

Em alguns estados, a laranja baiana também é conhecida como laranja-de-umbigo, por causa de uma pequena saliência na parte debaixo da fruta.

Laranja Pera

A laranja Pera também é uma variedade nacional. É menor que as demais e possui sabor doce e agradável. Ideal para o preparo de sucos.

Também é chamada de “laranja pera rio” ou ainda “laranja pera do rio”. Tem  forma alongada, a casca lisa e fina com tons que vão do amarelo ao avermelhado.

Laranja da Terra

Representante do grupo das azedas, a laranja da Terra é muito utilizada na fabricação de doces que têm como ingrediente principal a sua casca.

Possui sabor muito ácido e forma achatada

Laranja LimaLaranja Lima

A Lima possui uma acidez menos marcante. Tem casca fina de cor amarelo-clara ou verde e polpa muito suculenta. É ótima para ser comida em gomos.

Curiosidade: no estado de Minas Gerais, a laranja Lima é conhecida como laranja Serra d’Água.


VEJA TAMBÉM

Agora que você sabe que feijão e laranja são aliados da sua saúde, saiba mais sobre o feijão


Benefícios da laranja 

Assim como toda fruta cítrica, qualquer variedade de laranja apresenta boas quantidades de Vitamina C. Essa vitamina possui ação antioxidante e, por isso, ajuda no combate aos radicais livres.Fibra alimentar na laranja

Outro nutriente que merece destaque na composição das laranjas é a fibra alimentar. Responsável pela boa saúde do sistema digestivo, esse tipo de carboidrato contribui para um maior controle da glicemia e da absorção de gordura pelas células, além de promover aumento da sensação de saciedade. 

Propriedades nutricionais da laranja

A ingestão diária  de alimentos que contém vitamina C em sua composição garante uma oferta adequada do nutriente. Parte integrante de uma alimentação saudável, esta vitamina possui várias funções em nosso organismo contribuindo para a manutenção da saúde e prevenção de doenças.

Confira a composição desses nutrientes em uma unidade de cada variedade:

Tabela Nutrientes da laranja

Analisando a tabela é possível perceber um menor teor de vitamina C na laranja lima em relação as outras variedades, bem como um teor maior de fibras na laranja seleta em relação as demais. No que diz respeito ao teor de fibra podemos destacar a laranja seleta. Vale a pena lembrar que a fibra encontra-se na casca e bagaço do alimento, portanto o consumo da laranja in natura aproveita de forma quase que integral a quantidade presente deste nutriente no alimento.

Suco é a mesma coisa?

Como um dos principais preparos à base da laranja é o suco, nada mais natural do que querer saber se as propriedades nutricionais e os benefícios da fruta também estão presentes em seu formato líquido.

Primeiro, é preciso entender que as duas formas são saudáveis e valem a pena. A diferença é que o consumo da fruta inteira ainda é o mais indicado.

Como o suco geralmente dispensa a casca, a quantidade de fibras é muito menor para quem opta por essa forma de ingestão.

Ao mesmo tempo, o valor energético é maior já que para fazer um copo de suco, geralmente utilizamos mais do que uma fruta.  

Mas, se você ama suco de laranja, não se preocupe. O segredo para uma alimentação equilibrada é a ponderação. Se pensarmos que a recomendação para consumo de frutas ao dia é da ordem de 3 a 5 porções, ao consumir um copo de suco elaborado com 3 laranjas você já consumiu 03 porções deste grupo de alimentos. Lembre-se, este exemplo, refere-se apenas a questão de calorias dos alimentos. O teor de fibras é menor, então capriche na salada.

Depois de saber todas essas propriedades e curiosidades vai ser fácil elencar a sua laranja favorita. 

 

De onde veio a laranja? 

Origem da laranjaAcredita-se que a laranja tenha origem asiática. Segundo dados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), os primeiros registros sobre o seu consumo datam de 2500 anos antes de Cristo.  Foram encontradas raízes na China, em Assam, na Índia, e em Myanmar.

Da mesma maneira que o seu surgimento, a sua trajetória pelo mundo é pouco conhecida. Estudos apontam que, da Ásia, a laranja foi levada para o norte da África e, de lá, para o sul da Europa em meados da Idade Média.

A primeira vez que a fruta chegou às Américas foi em 1493, quando Cristóvão Colombo transportou as sementes em sua viagem para a “descoberta” do novo território.  Logo várias ilhas caribenhas estavam com plantações de laranja, fossem doces ou amargas. As mudas chegaram no Panamá com os espanhóis em 1516 e no México dois anos depois

 

Laranja no Brasil 

A história da laranja no Brasil também acontece no período das grandes navegações. Após a chegada de Pedro Álvares Cabral ao País, a coroa portuguesa decidiu que deveria colonizar as terras ocidentais. 

Por isso, no ano de 1530, 30 anos após a primeira nau aportar em terras brasileiras, o governo decidiu repartir o território entre uma dezena de homens de confiança com o missão de povoar e produzir nas áreas que foram chamadas de capitanias.

Os novos habitantes trouxeram árvores frutíferas – dentre elas a laranja – marcando, assim, o início da citricultura no Brasil. A adaptação da árvore em terras tupiniquins foi tão incrível que a planta passou a ser confundida com as com nativas. A adaptação gerou uma variedade particular, que ganhou o nome de laranja Bahia.


Estima-se que a laranja Bahia tenha surgido por volta do século XIX, em um pomar do bairro do Cabula, em Salvador.


Desde então, a produção da fruta cresceu e se diversificou. Atualmente, o Brasil é o líder mundial em produção de laranjas. Metade de suco de laranja consumido no mundo é brasileiro, e o País domina 80% do mercado de suco de laranja concentrado.

Mesmo com números impressionantes, a Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR) apontou um queda de 17% na última safra. 

A primeira laranja dos Estados Unidos era brasileira

Um dado curioso em relação à fruta brasileira é que foi ela a primeira laranja a ser levada para os Estados Unidos. Por volta do ano de 1800, técnicos em citricultura de Riverside, na Califórnia, aproveitaram os serviços diplomáticos norte-americanos instalados no Brasil, e receberam três mudas de laranja Bahia. 

Apenas duas mudas sobreviveram à viagem até o país da América do Norte e foram elas as responsáveis pela disseminação das laranjas em solo norte-americano

 

Fonte: Hortifruti

Recomendação diária de FLV

Recomendação diária de FLV – fique por dentro

Notícia

Você sabe a quantidade de frutas, legumes e verduras (FLV) que deve consumir todos os dias? Descubra aqui a recomendação diária de FLV ...

17/05/2019

O que é Ora-Pro-Nobis?

O que é ora-pro-nóbis? Conheça a tradição da culinária mineira

Notícia

Ainda pouco difundido como alimento, o ora-pro-nóbis é rico em proteína e muito utilizado nas receitas mineiras. Chegou a hora do Brasil inteiro conhecê-lo! ...

06/06/2018

frutas tropicais

Frutas tropicais: conheça e inclua na sua alimentação

Notícia

Ganhando cada vez mais adeptos em terras temperadas, frutas tropicais são opções saborosas e saudáveis ...

21/02/2019