facebook
Voltar para a lista

Melão brasileiro tem pegada de carbono 50% menor do que o do exterior

21/11/2018

Melão brasileiro

O agronegócio brasileiro é destaque mais uma vez. De acordo com estudos conduzidos pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o melão produzido em Jaguaribe-Açu, localidade do Nordeste brasileiro que também envolve regiões do Rio Grande do Norte e do Ceará, deixa na atmosfera metade da quantidade de gases de efeito estufa do que a quantidade liberada pelo melão do tipo italiano cultivado na região da Sicília, Itália.

Além disso, o melão produzido em outros países também apresenta números similares ao italiano. Ou seja, a pegada de carbono do melão brasileiro é 50% menor do que a do fruto produzido em outros países.

A pesquisa levou em conta dados que foram calculados durante um amplo estudo de eficiência ambiental da cultura. O estudo foi realizado dentro de fazendas produtoras do polo Jaguaribe-Açu, pela rede Repensa Melão – um consórcio que reuniu instituições de pesquisa e representantes do setor produtivo.

Segundo a pesquisadora da Embrapa Agroindustrial, Maria Clea Brito de Figueiredo, o estudo atendeu uma necessidade dos produtores. “Eles desejavam mensurar a eficiência ambiental para garantir espaço em mercados mais exigentes, que buscam produtos com certificados ambientais”, afirmou.


SAIBA MAIS

Melão brasileiro é destaque no mercado internacional

O Brasil é um grande exportador de frutas?


Entenda a pegada de carbono

Os dados são impressionantes. Entretanto, muitas pessoas ainda não sabem bem o que é “pegada de carbono” (carbon footprint – em inglês). Esse termo se refere a uma metodologia criada para medir as emissões de gases estufa – todas elas, independente do tipo de gás emitido. Todos os gases são convertidos para a quantidade equivalente de carbono.

Entenda.

 

Dessa forma, é possível afirmar que o melão brasileiro é mais ecologicamente sustentável. Ter uma pegada de carbono mais baixa é muito importante. Principalmente, para desacelerar o aquecimento global e melhorar a qualidade de vida do planeta.

 

Consumo de água também foi avaliado

Além de calcular a pegada de carbono, o estudo incluiu a pegada de escassez hídrica. Foram avaliados 24 diferentes sistemas de produção e chegou-se a uma proposta de modelos mais eficientes dos pontos de vista ambiental e econômico.

“É um estudo para o setor tomar como referência. Com base nos dados, cada exportador pode calcular sua própria eficiência e atuar para melhorá-la”, salienta Clea Figueiredo. Os pesquisadores acreditam que o impacto pode ser formidável, sobretudo quando for restabelecida a normalidade das chuvas na região, que enfrenta sucessivos anos de estiagem. O polo Jaguaribe-Açu é responsável por cerca de três quartos da área colhida, mais de 80% da produção e a quase totalidade das exportações brasileiras.

 

O que é que o melão tem?

O Brasil é um dos maiores exportadores de melão do mundo. Isso acontece não só pela baixa pegada de carbono, mas porque o produto brasileiro também possui outros dois diferenciais:

 

  • Ciclo reduzido (60 dias), quando comparado com Espanha e França (120 dias), permitindo até três safras por ano.
  • O semiárido brasileiro apresenta condição climática ideal, com elevados níveis de radiação solar, altas temperaturas (máximas > 30 °C) e baixo índice de precipitações (700 mm a 800 mm anuais, distribuídos em três ou quatro meses do ano).

 

Com uma qualidade tão elevada, o melão brasileiro vem conquistando o mundo. Você já incluiu o fruto na sua alimentação diária?

 

Fonte: Hortifruti, 21 de novembro de 2018

Crucíferas são hortaliças que fazem vem a saúde

Crucíferas: você sabe o que são?

Notícia

Se essa pergunta te deu um nó na cabeça, esse texto é para você. Conheça as brássicas e saiba o motivo pelo qual elas são importantes para a alimentação! ...

08/12/2017

Graviola é uma das frutas brasileiras

10 frutas brasileiras que você não consome, mas deveria

Notícia

É impossível experimentar de tudo, mas essas frutas brasileiras são especiais. Confira! ...

16/10/2017

Um brinde à fruticultura da Bahia

Notícia

Com uma produção significativa, a Bahia se destaca como uma das maiores produtoras de frutas do Brasil. Nesse cenário, até mesmo o vinho vem garantindo posição de destaque ...

23/11/2017