facebook
Voltar para a lista

Quais são os tipos de hortaliças e as mais consumidas no Brasil?

tipos de hortaliças

Se alguém lhe pedir um exemplo de um dos tipos de hortaliças, qual é a primeira coisa que vem à sua mente? Afinal, você sabe o que são as hortaliças e como elas podem ser consumidas e produzidas no Brasil? E, além disso, quais são as hortaliças com maior consumo no país? A gente vai falar sobre tudo isso aqui no texto.

Hortaliça é o que se produz na horta

As hortaliças são plantas herbáceas das quais uma ou mais partes são utilizadas como alimento na sua forma natural. 

E como nós, seres humanos, gostamos de categorizar tudo! Seja para deixar mais organizado, ou para evidenciar as diferenças de cada categoria. Para as plantas isso não poderia ser diferente.

Alface hidropônica, produzida sem solo.

Aliás, as categorias de vegetais são inúmeras e podem gerar bastante confusão, mas a gente está aqui para explicar e resolver isso. E dessa vez, vamos expor tudo sobre as hortaliças.

Dessa forma, se formos observar a origem da palavra hortaliça, ela deriva de hortus (latim), que significa pequeno espaço de terra onde se cultivam plantas de jardim. Ou seja, tudo que possa ser cultivado em horta, pode ser considerado hortaliça – inclusive, mesmo que não se utilize o solo!

Tipos de hortaliças na vida da gente antes do Brasil ser Brasil

Taioba-mobile
No período colonial, a taioba tinha presença quase diária nos pratos.

Aqui no país, a produção de tipos de hortaliças já era feita pelos indígenas desde sempre. Plantas como mandioca, milho, batata-doce, cará e taioba eram cultivadas antes da chegada dos portugueses. Depois de 1500, muitas espécies de plantas usadas na alimentação lá na Europa, foram trazidas ao Brasil. 

Com a expansão da colonização, os lusitanos implantaram cinturões verdes nas principais cidades do império, na época – Olinda, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo – onde eram plantadas suas hortas e pomares.

Além disso, quando grupos africanos foram trazidos para o Brasil, a partir de 1539, o país começou a ter outras influências na alimentação. Assim, passou a cultivar inhame, erva-doce, quiabo, vinagreira, melancia, pimentas e muitas outras coisas.

No entanto, desde aquela época, as hortaliças nem sempre foram as preferidas na hora da alimentação, e isso ainda acontece muito. Entretanto, seus benefícios e possibilidades as classificam como uma excelente opção para quem deseja um estilo de vida mais saudável.

Frutas, verduras e legumes: os tipos de hortaliças que consumimos

É comum associar hortaliças com verduras, mas isso não é o correto. As verduras são apenas um dos tipos de hortaliças. Dessa forma, a classificação de hortaliças compreende as frutas, legumes e verduras.

De maneira geral, uma das classificações mais antigas e que vem sendo utilizada até hoje pela Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento, leva em consideração as partes utilizadas na alimentação humana. Confira abaixo:

Hortaliças tuberosas

São aquelas cujas partes comestíveis estão abaixo do solo. Exemplos: tubérculos (batatinha, cará), rizomas (inhame), bulbos (cebola, alho) e raízes tuberosas (cenoura, beterraba, batata-doce, mandioquinha-salsa).

Hortaliças herbáceas

São aquelas cujas partes utilizadas na alimentação humana estão acima do solo: folhas (alface, taioba, repolho, espinafre), talos e hastes (aspargo, funcho, aipo), flores e inflorescências (couve-flor, brócolis, alcachofra).

Ítalo Guedes "As folhosas são mais produzidas - em cultivo protegido - devido ao ciclo curto, podendo ter várias colheitas ao ano. Essa possibilidade representa uma liquidez de venda ao produtor e mantém o mercado sempre com oferta, reduzindo a variação de preços."
Ítalo Guedes - Agrônomo e Pesquisador da Embrapa Hortaliças.

Hortaliças-fruto

Utiliza-se o fruto, verde ou maduro, todo ou em parte: melancia, pimentão, quiabo, ervilha, tomate, jiló, berinjela, abóbora.

Pedro Gonçalves "Atualmente conseguimos produzir pimentão, berinjela, quiabo e couve-flor durante o ano todo, mas existem épocas em que o custo fica maior devido a necessidade de controlar pragas e doenças e consumo de água."
Pedro Gonçalves - Produtor de hortaliças há 14 anos, dono da fazenda Passagem - Divinópolis/MG.

E atualmente o Brasil é um grande produtor de hortaliças e um grande empregador nesse setor. São 13 milhões de trabalhadores no cultivo de 24 espécies diferentes, em 5,1 milhões de hectares. Toda essa gente e essa área produzem 53 milhões de toneladas por ano, com alta taxa de produtividade desses alimentos.

Pedro Gonçalves "Para hortaliças é preciso estratégia e investimento em tecnologias, só assim é possível enfrentar alterações climáticas e produzir o ano todo."
Pedro Gonçalves - Produtor de hortaliças há 14 anos, dono da fazenda Passagem - Divinópolis/MG.

A fruticultura e a olericultura tradicionalmente cultivadas em pequenas áreas, possuem elevada produtividade – 30 a 80 toneladas (t)/ hectare (ha). Quase a totalidade da produção de hortifruti (HF) é absorvida pelo mercado doméstico. Trata-se de um setor ainda pouco explorado para exportação.

Frutas, legumes e verduras fazem bem à saúde

Todos os tipos de hortaliças são alimentos com um perfil nutricional muito interessante. Isso porque, possuem poucas calorias e bom aporte de vitaminas e minerais – nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do corpo.

Dessa forma, quem consome diferentes tipos de hortaliças com regularidade apresenta aumento da disposição e a diminuição de riscos de doenças como a hipertensão e a diabetes. Além disso, esses alimentos são muito versáteis e podem ser consumidos crus, cozidos, em forma de sucos, preparos salgados e doces.

consumo de frutas, verduras e legumes
Estudo do Vigitel mostrou que frequência do consumo de frutas e hortaliças pelo brasileiro, dentro do recomendado pela OMS, foi de 22,9%. A taxa foi menor entre homens (18,4%) do que entre mulheres (26,8%).

Através do consumo adequado de legumes, verduras e frutas o organismo obtém vitaminas, minerais, compostos bioativos, fibras em quantidade suficiente para a manutenção da saúde. Estes alimentos apresentam em sua composição alta densidade de nutrientes com baixo valor energético. Sendo assim contribuem com a manutenção do peso saudável. 


SAIBA MAIS

Higienização de hortifruti: como fazer corretamente

Descubra como está o consumo de frutas e hortaliças no Brasil


As hortaliças apresentam fibras insolúveis em sua composição. Esse tipo de fibra atua principalmente no aumento do volume fecal e consequentemente melhora do funcionamento do intestino.

Por isso, elas estão relacionadas à prevenção de prisão de ventre e de doenças como diverticulite e câncer de intestino. Além do mais, as fibras insolúveis também conferem maior saciedade, contribuindo no tratamento da obesidade.

Quais as hortaliças mais consumidas no Brasil? Listamos as 10+ para você!

  • Banana: Atualmente as bananas estão amplamente distribuídas nos trópicos e subtrópicos. Nessas regiões, sua produção ocorre ao longo de todo o ano e fazem parte da alimentação básica de milhões de pessoas. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em 2018 a banana foi produzida em 138 países e é uma das frutas mais consumidas no mundo. Veja na tabela o consumo médio anual de banana é de 7,08 kg/pessoa/ano.
  • Tomate: Com uma produção de tomates que beira 4 milhões de toneladas, o Brasil está entre os 10 maiores produtores do mundo há dez anos.  Seu cultivo ocorre em cerca de 54 mil hectares espalhados por todo o país. Portanto, é a 7º hortaliça com o maior número de estabelecimentos. O consumo brasileiro anual de tomate é de 4,21 kg/ pessoa, em média.
  • Batata: A batata é um alimento que agrada o paladar do brasileiro. O Brasil produz aproximadamente 4 milhões de toneladas de batata por ano. Produção essa que é voltada ao mercado in natura, menos de 20% é destinado à indústria de batata frita, que acaba recebendo sua matéria-prima de outros países. O consumo médio anual de batata pelo brasileiro é de 4,02 kg/pessoa.
  • hortaliças mais consumidas no BrasilCebola: O brasileiro consome a média de 3,10 kg de cebola por ano. Em 2019 plantou-se cebola em quase 49 mil hectares, e com uma colheita de 1 milhão e meio de toneladas. Na cebola encontramos a quercetina (flavonol) e as antocianinas (flavonoides). A quercetina, presente na cebola branca e roxa, é o principal composto fenólico presente na alimentação.
  • Melancia: É produzida em vários estados do País, sendo que Goiás, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Tocantins e Ceará representam 60% da área cultivada do Brasil. A maior parte produzida (melancias grandes) é destinada para consumo interno, que representa 97% da produção brasileira. E o seu consumo chega, em média, a 2,65 kg por pessoa por ano.
  • Cenoura: Ocupa uma área de aproximadamente 15 mil hectares, sendo que a produção se concentra nos estados de Minas Gerais, Goiás, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul. Possui grande importância socioeconômica para o agronegócio brasileiro, além de ter um consumo médio anual de 1,48 kg.
  • Abacaxi: Essa fruta tem o consumo médio anual de 1,39 kg por brasileiro. Os principais estados produtores de abacaxi são o Pará, Paraíba e Minas Gerais. A produção de abacaxi ocorre o ano inteiro, foram trezentos e quinze mil toneladas comercializadas nos principais centros de abastecimento do Brasil (CEASAs e CEAGESP) em 2019.
  • Batata-doce: São Paulo e Minas Gerais são os principais estados produtores de batata doce no Brasil (57% do total), e é possível ser produzida por todo o ano. O Brasil produziu cerca de 740 mil toneladas do tubérculo em 2019, desse montante 20% foram produzidos por São Paulo. Toda essa produção é dividida em média de 1,24 kg/pessoa/ano no consumo nacional.
  • Abóbora: Em 2018 a produção mundial de abóboras, abobrinhas e cabaças (um tipo de abóbora não muito consumida no Brasil) somou 27 ,6 milhões de toneladas, com cultivo em uma área de 2 milhões de hectares. Em 2019 comercializou-se mais de 113 mil toneladas do fruto nos principais centros de abastecimento, fazendo com que o consumo médio dessa hortaliça fosse de 1,02 kg/pessoa/ano.
  • Melão: A produção brasileira (581.478 toneladas, 2018) se concentra, em sua maior parte, em quatro Estados do Nordeste brasileiro: Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia e Pernambuco. Sendo que, na última safra foram exportadas 218,7 milhões de toneladas de melão, principalmente para a Europa (94% do total). Aqui no Brasil, o consumo da fruta é de cerca de 0,85 kg/pessoa/ano.

LEIA TAMBÉM

Conheça a lista de legumes mais consumidos no Brasil

Crus ou cozidos? Qual a melhor forma de consumir as hortaliças?


Qual é o consumo mínimo de hortaliças por dia?

Existe uma recomendação da quantidade mínima de hortaliças que devemos ingerir por dia. Essa quantidade mínima foi estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e leva em consideração as necessidades do organismo humano para seu bom funcionamento. De acordo com a organização, todas as pessoas precisam ingerir, pelo menos, 400 gramas/dia desse tipo de alimento.

O número pode assustar, mas basta colocá-lo no prato para ver que a quantidade não é grande. Se consumirmos 01 porção de salada (03 folhas de alface, 01 colher de sopa de cenoura crua ralada, 01 colher de sopa de beterraba cura ralada – 105g), 01 maçã pequena (90 gramas), 01 banana média (90 gramas) e 01 laranja (120 gramas) totalizaremos 405 gramas.Recomendação diária de FLV tabela

Como posso cultivar os tipos de hortaliças em casa?

como cultivar hortaliçasCultivar os diferentes tipos de hortaliças em casa pode ser muito prazeroso. Ainda assim, demanda um pouco de conhecimento. Engana-se quem pensa que para cultivar hortaliças é necessário grandes espaços ou de um quintal à disposição. Sem dúvida, com luz e água suficiente, é possível plantar uma horta em qualquer lugar.

Espaços como a área de serviço, sacadas, janelas e a varanda podem ser adaptados para receber o cultivo. Todavia, caso você disponha de um quintal, a tarefa certamente se torna ainda mais fácil. Para determinar onde cultivar as hortaliças avalie, primeiramente, o espaço disponível e a espécie que deseja plantar.

Para começar é importante seguir um passo a passo simples, para que todas as espécies possam se desenvolver de maneira satisfatória.

  1. Escolha o local onde vai cultivar as hortaliças. O ideal é que, independentemente da sua escolha, a área conte com um bom espaço para o crescimento das raízes e espaço entre as plantas.
  2. Se o plantio não for realizado direto na terra, é importante que o recipiente escolhido seja capaz de drenar corretamente o excesso de água. Para isso, faça orifícios de 1 centímetro de diâmetro na parte inferior (2 ou 3 buracos já é o suficiente).
  3. Os recipientes e ferramentas a serem utilizados devem ser bem lavados. Se possível, utilizando uma solução com água sanitária (1 colher de sopa de água sanitária para 1 litro de água). Isso garante que bactérias e fungos que podem contaminar a plantação sejam eliminados.
  4. Utilize terra própria para o cultivo de hortaliças.
  5. Utilize fertilizantes para ajudar no crescimento das plantas.
  6. Monte seu recipiente da seguinte maneira: um pouco de cascalho no fundo, terra fofa, semente, terra fofa.
  7. No caso da plantação direto na terra, prepare o espaço e não deixe de utilizar a terra adequada.

como cultivar tomate em casa

Hortaliças como alface, rúcula, pepino e tomate podem ser boas opções de cultivo. Todas elas possuem ciclos curtos e podem ser cultivadas o ano todo. Depois de escolhido o local e a espécie, o ponto que merece destaque é a atenção sobre como cuidar das hortaliças. Regar é imprescindível para o bom desenvolvimento das plantas. Ademais, é importante retirar todas as folhas secas e amareladas.

Fique atento às pragas. Quando descobertas cedo, o controle pode ser feito de forma manual. Para isso, verifique se existe uma planta doente em sua horta e, caso positivo, retire a planta para evitar que ela contamine toda a plantação.

Quer mais dicas para cultivar hortaliças em casa? É só conferir no nosso artigo exclusivo!

 

 

 

Principais fontes:

Carvalho, C. et al., Anuário Brasileiro de Horti & Fruti 2020, 2019.

Hortifruti Saber & Saúde, CNA e Abrafrutas, Cenário HortiFruti Brasil, 2018.

IBGE. Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018: análise do consumo alimentar pessoal no Brasil. Rio de Janeiro, 2020.

Crucíferas são hortaliças que fazem vem a saúde

Crucíferas: você sabe o que são?

Notícia

Se essa pergunta te deu um nó na cabeça, esse texto é para você. Conheça as brássicas e saiba o motivo pelo qual elas são importantes para a alimentação! ...

Frutas tropicais são matéria prima para conrantes

Frutas tropicais podem ser matéria-prima para corantes naturais

Notícia

Pesquisadores da Embrapa mostram que cascas de frutas tropicais podem ser usadas para produzir corantes naturais e trazer benéficos à saúde ...

Pitaya

Conheça a Pitaya, a fruta do dragão

Notícia

Ainda disponível em poucas regiões do Brasil, a pitaya é uma fruta de sabor suave e baixo teor calórico. Conheça mais sobre ela ...